Opinião

PremiumO Christian, a Rosa e a rua

Quero falar-vos do Christian Georgescu, uma daquelas pessoas que a vida nos dá o privilégio de conhecer. Falo-vos com nome e apelido porque a história dele é pública. Nasceu em Bucareste, na Roménia, tem 40 anos e encontrou casa no Porto. Trabalhou desde cedo até que um dia lhe faltou comida na mesa. A crise no início dos anos 2000 e a necessidade de dar de comer à filha fizeram que decidisse entrar num mundo paralelo. A juntar a isso, começou a consumir drogas e foi preso. Quando saiu percebeu que tinha de ir para longe para mudar e veio para o Porto.

Marisa Matias

PremiumInvestimento estrangeiro também é dívida

Em Abril de 2015, por ocasião do 10.º aniversário da Fundação EDP, o então primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmava que Portugal "precisa de investimento externo como de pão para a boca". Não foi a primeira nem a última vez que a frase seria usada, mas naquele contexto tinha uma função evidente: justificar as privatizações realizadas nos anos precedentes, que se traduziram na perda de controlo nacional sobre grandes empresas de sectores estratégicos. A EDP é o caso mais óbvio, mas não é o único. A pergunta que ainda hoje devemos fazer é: o que ganha o país com isso?

Ricardo Paes Mamede

PremiumAmor em tempo de cólera

Foi no domingo à tarde na Rua Heliodoro Salgado, que vai do Forno de Tijolo à Penha de França. Um BMW cinzento descia o empedrado a uma velocidade que contrariava a calidez da tarde e os princípios da condução defensiva. De repente, o focinhito de um Smart vermelho atravessa-se no caminho. Travagem brusca, os veículos quedam-se a poucos centímetros. Uma buzinadela e outra de resposta, o rapaz do BMW grita e agita a mão direita à frente dos olhos com os dedos bem abertos, "és ceguinha? És ceguinha?" A senhora do Smart bate repetidamente com o indicador na testa, "tem juízo, pá, tem juízo". Mais palavras, alguma mímica e, de repente, os dois calam-se, sorriem e começam a rir com vontade. Levantam as mãos em sinal de paz, desejam bom Natal e vão às suas vidas.

Nuno Camarneiro

PremiumNAVEGAR É PRECISO. Quinhentinhos

Os computadores, sobretudo os pessoais e caseiros, também nos trouxeram isto: a acessibilidade da "memória", através do armazenamento, cronológico e quantificado. O que me permite - sem esforço - concluir, e partilhar, que este é o meu texto número 500 no Diário de Notícias. Tendo trabalhado a tempo inteiro e colaborado em muitas outras publicações, "mais do que prometia a força humana", nunca tive, em quatro décadas de peças assinadas, uma oportunidade semelhante de festejar algo de semelhante, fosse pela premência do tempo útil sobre o "ato contemplativo" ou pela velocidade inusitada com que ia perdendo os trabalhinhos, nem por isso merecedores de prolongamento do tempo de "vida útil". Permitam-me, pelo ineditismo da situação, esta rápida viagem que, noutro quadro e noutras plataformas, receberia a designação (problemática, reconheça-se) de egosurfing.

João Gobern

PremiumO jogo dos homens devastados

E agora aqui estou, com a memória dos momentos em que falhei, das pancadas em que tirei os olhos da bola ou abri o cotovelo direito no downswing ou, receoso de me ter posicionado demasiado longe do contacto, me cheguei demasiado perto. Tenho a impressão de que, se fizer um esforço, sou capaz de recapitular todos os shots do dia - cada um dos noventa e quatro, incluindo os cinco ou seis que me custaram outros doze ou treze e me atiraram para longe do desempenho dos bons tempos. Mas, sobretudo, sinto o cheiro a erva fresca, leite morno e bosta de vaca dos terrenos de pasto em volta. E viajo pelos outros lugares onde pisei o verde. Em Tróia e na Praia Del Rey. Nos campos suaves do Algarve e nas nortadas de Espinho e da Póvoa de Varzim. Nos paraísos artificiais de Marrocos, em meio da tensão competitiva do País de Gales e na Herdade da Aroeira, com os irmãos Barreira e o Maurício, e o Vítor, e o Sérgio, e o Abad, e o Rui, e todos os outros.

Joel Neto

DN Life

«Devo tomar comprimidos para fortalecer os ossos e as articulações»?

Temos consultório aberto 24 horas por dia, todos os dias, pelo e-mail consultorio@dnlife.pt. Envie as suas dúvidas sobre saúde e bem-estar, físico e mental. Nós respondemos, com a ajuda de médicos e especialistas. Hoje, a médica Patrícia Nero, reumatologista no hospital CUF Descobertas, responde a uma questão relacionada com a osteoartrose. Já tenho uma idade avançada e cada vez sinto mais dificuldade em andar e realizar as minhas tarefas diárias. Gostaria de saber se é aconselhável tomar os comprimidos que surgem frequentemente na televisão para fortalecer os ossos e as articulações? A osteoartrose é a doença mais frequente da raça [...]

Dormir muito aumenta risco de doenças cardíacas, diz estudo

Dormir sem hora para acordar é um dos grandes prazeres da vida. O nosso corpo precisa deste descanso diário para recuperar energias e a verdade é que uma noite bem dormida influencia a forma como encaramos o dia. No entanto, dormir mais do que as horas recomendadas pode significar problemas de saúde. Fique atento. Texto de Ana Patrícia Cardoso | Fotografia de iStock Um adulto deve dormir entre seis a oito horas diárias. Segundo um estudo publicado no European Heart Journal, ficar na cama mais do que este tempo pode estar ligado a doenças cardiovasculares e morte. Foram recolhidos dados [...]

Enviou uma mensagem durante a noite e não se lembra? Pode estar a fazer «sleep texting»

Pode nunca lhe ter acontecido mas é um fenómeno cada vez mais comum. O «sleep texting» já é alvo de estudos e os jovens são os mais afetados. Texto de Alexandra Pedro | Fotografia ShutterStock Já se sabia que utilizar o smartphone antes de adormecer poderia prejudicar a qualidade do sono, devido à luz destes aparelhos, que reduz em pelo menos 55% a melatonina (o chamado «regulador de sono»). No entanto, existe também um fenómeno relacionado com este tipo de tecnologia que está a preocupar vários investigadores. Chama-se sleep texting. Basicamente, os utilizadores de smartphone enviam mensagens, seja via SMS, [...]

O melhor conselho para Rita Blanco: «Ler, ler sempre»

Saiba qual foi o melhor conselho que Rita Blanco recebeu na vida. Diz que foi dito pelo seu padrasto Nuno Duarte. Texto de Alexandra Pedro | Fotografia de Bruno Raposo/Global Imagens Recentemente, estreou Sara, série em exibição na RTP2, e no início do mês voltou ao grande ecrã, com Carga, filme português sobre o tráfico de pessoas. No currículo tem participações em várias telenovelas, séries, peças de teatro e filmes. Foi no cinema que arrecadou quatro Globos de Ouro de melhor atriz (Ganhar a Vida, Sangue do Meu Sangue, A Gaiola Dourada e Fátima). E outros prémios tem reunido ao [...]

DN Ócio

Vem aí uma coleção de joalharia inspirada no MAAT

Durante 2019, de dois em dois meses, há novidades na joalharia de autor no Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia. Em maio, os sete designers apresentam uma coleção inspirada no museu. Texto de Marina Almeida Uma armada de sete jovens designers, desafiados pela Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal (AORP), apresenta as suas peças de joalharia ao longo de todo o ano de 2019 na loja do Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), em Lisboa. Em maio deverá ser desvendada uma coleção exclusiva, com inspiração no património do MAAT. Fátima Santos, presidente da AORP, enquadra esta incursão da [...]

Tacos de golfe artesanais…e de ouro

A Honma, marca de fabrico artesanal, lançou o novo modelo de tacos de golfe premium Beres S-06. O novo modelo está disponível na opção duas estrelas, até ao modelo cinco estrelas (cada um pode custar até 5.499 euros). Os produtos da gama cinco estrelas são banhados a ouro e fabricados por um pequeno grupo de mestres artesãos, sedeados em Sakata, no Japão. O saco de golfe com os habituais 12 a 14 tacos, o preço sobre para mais de 70 mil euros. Desde 1959 que mais de 400 artesãos combinam as suas técnicas com materiais de alta qualidade para [...]

Substituto de Ronaldo compra Rolls-Royce de 340 mil euros

Há mais de 10 anos que a Audi é patrocinadora do Real Madrid e, por isso, os jogadores devem aparecer nos treinos com carros da marca alemã. Mas há sempre quem tente contornar a regra. Depois de Karim Benzema ter aparecido em Valdebebas com um Bugatti Chiron igual ao de Cristiano Ronaldo, também Mariano Diaz, o novo camisola 7 dos merengues, apareceu num treino com um Rolls-Royce Wraith, de 340 mil euros. Quem não podia ter ficado mais feliz com o facto de o jogador andar a exibir a nova «bomba» foi o concessionário espanhol JM Automoción, que só vende [...]