+ Opinião

PremiumDesta vez Trump tem razão

A construção de uma Europa unida como espaço de paz, liberdade, justiça e prosperidade sustentável foi o maior projeto político da geração a que pertenço. É impossível não confessar a imensa tristeza que me invade ao observar mês após mês, ano após ano, como se caminha para aquele grau de exaustão e fadiga que faz pressentir a dissolução final. O que une, hoje, a Europa é a mais elementar pulsão de vida, o instinto de autossobrevivência. Não dos seus governantes, mas dos seus mais humildes cidadãos. O tumultuoso Brexit mostra bem como é difícil, mesmo para um grande país com soberania monetária, descoser as malhas urdidas ao longo de tantas décadas. Agora imagine-se a tragédia que seria o colapso da união monetária para os 19 países que dela participam. A zona euro sofreria um empobrecimento e uma destruição de riqueza exponenciais, como se uma guerra invisível, sem mortos nem ruínas, nos tivesse atingido. Estamos nisto há dez anos. Os atos políticos levados a cabo desde 2008, nada mudaram na gravidade dos problemas, apenas adiaram o desfecho previsível. Existe uma alternativa minimalista ao colapso. Implicaria uma negociação realista baseada nos interesses materiais concretos dos Estados, como aqueles casais que coabitam, mesmo depois do divórcio, para nenhum deles ter de ir morar na rua. A prioridade seria uma mudança das regras absurdas do tratado orçamental, que transformam, por exemplo, os 2,8% da derrapagem orçamental francesa prevista para 2019 numa coisa esplêndida, e os 2,4% solicitados pelo governo de Roma num pecado mortal! Contudo, os mesmos patéticos dirigentes políticos dos grandes países europeus que economizaram nos atos potencialmente redentores do projeto europeu, não nos poupam à sua retórica. A evocação do primeiro centenário do fim da I Guerra Mundial ultrapassou os limites do aceitável.

Viriato Soromenho-Marques

PremiumÉ ouro, senhores

Chegar à União Europeia não é igual para toda a gente, já se sabe. Em vários países da União Europeia - treze mais em concreto - ter dinheiro é condição de porta aberta. Já se o assunto for fugir à morte ou procurar trabalho, a conversa é bem diferente. O caso a que me refiro é o dos vistos gold. Portugal integra a lista de países com práticas mais questionáveis a este respeito. Não sou eu quem o diz, os dados vêm do Consórcio Global Anticorrupção e da Transparency International.

Marisa Matias

Desporto

  • Classificações
  • Próx Jornada
  • Resultados

Estrelas Michelin

Duelo ibérico na Gala Michelin? Nem por isso

Pela primeira vez Lisboa vai ouvir anunciar as estrelas mais comestíveis da Península Ibérica. Para este derby gastronómico, Espanha parte com 195 restaurantes, dos quais onze com três estrelas, a classificação máxima. Portugal sai com 23 distinguidos, nenhum com tripla estrela. A Michelin anuncia "novidades importantes" para ambos os países. Texto de Marina Almeida Nem com um milagre os resultados da noite de quarta feira, dia 21, se vão contar apenas em números. Vão contar-se em orgulho nacional e afirmação da gastronomia portuguesa. No total do marcador, que se vai escutar no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa, a partir das [...]

DN Life

DN LIFE: Como as redes sociais estão a afetar o nosso cérebro. Este domingo, com o DN

O terceiro domingo do mês é dia de DN Life, a revista de saúde, família, bem-estar e comportamento do Diário de Notícias. Neste domingo, falámos com especialistas para perceber como o consumo excessivo de redes sociais está a afetar o cérebro humano e a forma como vemos o mundo e nos relacionamos com o mundo. Ainda no domínio do cérebro, entrevistámos a neurocientista Diana Prata, que está a investigar o papel de uma hormona chamada oxitocina no comportamento social. Os resultados da sua investigação poderão ser um importante contributo para o tratamento de doenças como a esquizofrenia, o autismo ou [...]

"Eras capaz de ver o teu filho só de 15 em 15 dias? A resposta é não"

Às vezes, em consultório, quando os pais lhe perguntam «Como acha que o meu filho vai reagir?» referindo-se, quer ao divórcio, quer aos regimes de residência e visitas, a psicóloga Catarina Ribeiro responde: «Isso só daqui a 30 anos é que vamos mesmo saber.» Foi o que fizemos: fomos ouvir três mulheres, Sara Oliveira, Alexandra Mendonça e Maria Portugal, que, em criança, passaram pelo divórcio dos pais e por regimes de guarda, visitas e residência escolhidos e geridos pelos adultos. E que contam, na primeira pessoa, que marcas ficaram, o que recordam, como mudou isso as suas vidas e aquilo em que acreditam. Ouvimos ainda especialistas sobre a presunção jurídica da residência alternada, uma solução que ganha cada vez mais força.

10 tipos de pessoas tóxicas a evitar nas nossas vidas

Mas mesmo a evitar a todo o custo, dado o impacto altamente negativo que têm no trabalho, na sociedade e até nas próprias famílias. Se pessoas tóxicas fazem mal a si mesmas, imagine aos outros. Texto de Ana Pago | Fotografias da Shutterstock MENTIROSAS Intoxicam todos os que se encontram no seu raio de ação, na medida em que vão espalhando inverdades sobre uns e outros a um ponto em que já ninguém sabe naquilo em que acreditar. E quanto mais compulsivas, mais tóxicas se tornam. INVEJOSAS Não só nunca estão contentes com o que conquistam - é sempre pouco [...]

Comida para o cérebro: quatro alimentos que deve comer

O que comemos afeta não só o que vemos no espelho, mas também influencia o bom funcionamento de todo o organismo. Incluindo do cérebro, o órgão que consome mais energia. Texto de Ana Patrícia Cardoso | Fotografia de iStock A expressão «alimentar corpo e mente» faz realmente sentido. Há alimentos que podem ajudar a prevenir a demência, o stress o deterioramento cognitivo ou a perda de memória, como explica ao El Pais o nutricionista Ramón de Cangas. «A alimentação tem uma importância vital na performance do nosso organismo e funções biológicas», explica. Estes são quatro alimentos, com características distintas, que [...]

DN Ócio

Duelo ibérico na Gala Michelin? Nem por isso

Pela primeira vez Lisboa vai ouvir anunciar as estrelas mais comestíveis da Península Ibérica. Para este derby gastronómico, Espanha parte com 195 restaurantes, dos quais onze com três estrelas, a classificação máxima. Portugal sai com 23 distinguidos, nenhum com tripla estrela. A Michelin anuncia "novidades importantes" para ambos os países. Texto de Marina Almeida Nem com um milagre os resultados da noite de quarta feira, dia 21, se vão contar apenas em números. Vão contar-se em orgulho nacional e afirmação da gastronomia portuguesa. No total do marcador, que se vai escutar no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa, a partir das [...]

Relógio exclusivo homenageia artesãos especializados e zodíaco chinês

Foram precisas mais 210 horas para que cada artesão desse vida aos 12 animais simbólicos do calendário chinês, presentes neste relógio exclusivo da Chopard. A marca visa homenagear artesãos especializados e a cultura tradicional chinesa. Assim nasceu esta peça com 18 quilates de ouro rosa Fairmined inteiramente gravado à mão com os 12 signos do zodíaco chinês. A Mains d"Art da Chopard celebra a tradição chinesa com um relógio único L.U.C. Uma obra de arte exclusiva que homenageia uma cultura milenar destinada aos colecionadores mais exigentes. Com o L.U.C Perpetual T Spirit edição Zodíaco Chinês, a Chopard, uma vez mais, [...]