Opinião

Cristo Prazeres Costa

Fragmentos da história de Goa que não aprendemos

Na minha juventude escolar, em Pangim, nos anos 1950, tanto na escola secundária, em língua inglesa (SSCE), como nos liceus, quase nada era leccionado sobre a história de Goa. Portanto, muitos acontecimentos importantes, que deveriam ser relatados pelos pais aos filhos e netos, e comemorados nos cantos folclóricos, ficaram praticamente congelados e reduzidos a uma simples frase: "A tomada de Goa por Afonso de Albuquerque foi no dia 25 Novembro de 1510."

Cristo Prazeres da Costa

Mais Opinião

Jorge Costa Oliveira

Novas projeções demográficas para 2100

As projeções demográficas até ao final do século elaboradas em 2017 pela Divisão da População da ONU foram corrigidas pela revisão de 2019, tendo alguns estudos (vamos focar-nos no estudo de Vollset e outros, publicado na The Lancet de 17 de outubro de 2020) feito projeções apontando para uma diminuição do crescimento populacional em virtude essencialmente da introdução de fatores mitigadores das taxas de fecundidade resultantes de um maior acesso das mulheres à educação, do acesso à contraceção e de mudanças de estilo de vida. De acordo com o Survey das NU, a população mundial deverá crescer dos atuais 7890 milhões para c. 10 875 milhões em 2100. De acordo com o estudo de Vollset e outros, deverá subir até c. 9733 milhões em 2064 e atingir apenas c. 8785 milhões no final do século.

Jorge Costa Oliveira

Carlos Rosa

Load aspas aspas enter: os falhanços também fazem parte da história!

Conta-se que John F. Kennedy desmontou a palavra "crise" e constatou que na língua chinesa é composta por apenas dois ideogramas - um representa o perigo, o outro oportunidade. Kennedy pode não ter sido inteiramente correto na sua tradução ideográfica, mas o sentimento é esse mesmo: quando confrontados com uma crise, esta apresenta-se sempre em dois caminhos, ou seja, é uma escolha. E isto é particularmente verdade hoje.

Carlos Rosa

Desporto

  • Classificações
  • A Jornada
  • Resultados

Evasões

Notícias Magazine

V Digital

As ciclovias "produzem" mais utilizadores de bicicleta?

As ciclovias "produzem" mais utilizadores de bicicleta?

Nos últimos tempos, a construção de ciclovias na capital acentuou-se com o objetivo de cumprir a promessa eleitoral do presidente da Câmara, Fernando Medina, de ter "pelo menos 200 quilómetros" de vias cicláveis até ao fim de 2021. Apesar das muitas vozes críticas contra faixas "de utilização reduzida", os especialistas consideram que só se promove a utilização deste meio de transporte se, antes, se construírem as infraestruturas necessárias.