Globos de Ouro: Netflix lidera as nomeações

Veja a lista completa dos nomeados aos prémios do cinema e da televisão, em que a Netflix, com filmes como O Irlandês e Marriage Story lidera as nomeações.

Com 17 nomeações, a Netflix é a distribuidora de cinema com mais possibilidades de ganhar prémios, muito à frente da Sony (oito nomeações), da Walt Disney e da Warner Brothers (seis nomeações cada).

No cinema, Marriage Story, de Noah Baumbach, com seis nomeações, lidera a lista, sendo seguido de perto pelos filmes de Quentin Tarantino ( Era Uma Vez... em Hollywood ) e Martin Scorsese ( O Irlandês ) - ambos com cinco nomeações. Logo atrás, e com quatro nomeações, está Joker .

Só aqui temos um leque de filmes muito diversificados. Depois de ser apresentado nos festivais de Veneza e de Toronto, Marriage Story estreou-se nesta semana na Netflix e é um filme escrito, realizado e produzido por Noam Baumbach (o mesmo realizador de A Lula e a Baleia e de Frances Ha, por exemplo) com Scarlett Johansson e Adam Driver (e ainda Laura Dern, Alan Alda e Ray Liotta, entre outros). História de família com um tom bastante naturalista, além de nomeada para melhor filme, esta história de um casamento - que é, na verdade, a história de uma separação - tem ainda nomeações para os dois atores principais.

Marriage Story compete com Joker , o filme que tem como principal arma a interpretação de Joaquin Phoenix (também ele nomeado para melhor ator) no papel de um inadaptado, alguém que foi rejeitado pela sociedade e que vai ficando cada vez mais à margem. "Phoenix tem aqui a apoteose da sua carreira, rematada com pouco mais do que um sorriso sangrento. A sua magreza e a postura quebradiça equivalem à de um anjo que vai ganhar asas pela disposição de vingança, inspirando uma revolução social de máscaras de palhaço contra os ricos", escreveu a crítica de cinema do DN Inês N. Lourenço sobre o filme realizador por Todd Philips.

O Irlandês é o primeiro filme de Martin Scorsese com a Netflix e foi acompanhado de declarações bastante polémicas do realizador, que se mostra descontente com o modo como os grandes estúdios escolhem os filmes que produzem e distribuem. O Irlandês conta com a interpretação de velhos companheiros de Scorsese, como Robert De Niro (que não está nomeado para os Globos de Ouro), Al Pacino e Joe Pesci (ambos nomeados como atores secundários), e conta-nos a história de Frank Sheeran, um irlandês, sindicalista e veterano da Segunda Guerra Mundial que se torna um assassino da máfia nova-iorquina.

Estes três títulos competem na categoria de Filme Dramático, com Os Dois Papas, filme do brasileiro Fernando Meirelles para a Netflix, que se estreia a 20 de dezembro, e 1917, de Sam Mendes, drama sobre a Primeira Guerra Mundial com estreia marcada para as salas portuguesas a 23 de janeiro do próximo ano.

Era Uma Vez... em Hollywood, de Quentin Tarantino, concorre na categoria de Filme de Comédia. Era Uma Vez... leva-nos à Los Angeles de 1969 e ao momento em que a seita liderada por Charles Manson assassinou a atriz Sharon Tate, namorada do cineasta Roman Polanski. Brad Piit e Leonardo DiCaprio (um ator de westerns e o seu duplo) são os dois atores principais, mas só DiCaprio teve direito a nomeação para o Globo de Melhor Ator, Pitt ficou entre os secundários.

Nesta categoria, Era Uma Vez... em Hollywood está acompanhado de Dolemite Is My Name, de Craig Brewer (a única produção da Netflix nesta área), Jojo Rabbit, de Taika Waititi (uma comédia ambientada na Segunda Guerra Mundial), Knives Out: Todos São Suspeitos, de Rian Johnson, e Rocketman, o biopic de Elton John, realizado por Dexter Fletcher.

De sublinhar ainda Parasitas, o filme sul-coreano de Bong Joon-ho, que já venceu a Palma de Ouro em Cannes e que aqui, além de candidato a Melhor Filme em Língua Estrangeira, está também nomeado para melhor argumento e melhor realização. Trata-se, escreveu o crítico do DN Rui Pedro Tendinha, de "um conto de ansiedade económica em que uma família à beira da miséria arma um esquema de tomar uma casa de uma família da classe mais alta" e que "é também um drama sobre uma ferida numa sociedade onde a escravidão social é um rastilho para uma ideia de revolução".

Depois de ter sido esquecido nos Prémios de Cinema Europeu, o realizador espanhol Pedro Almodóvar consegue aqui uma nomeação para Melhor Filme em Língua Estrangeira com Dor e Glória , ao mesmo tempo que Antonio Banderas está entre os candidatos ao Globo de melhor ator em filme dramático.

Na televisão, a Netflix é também a distribuidora com mais nomeações - 17 -, seguida de perto pela HBO, com 15. As séries Chernobyl, The Crown e Unbelievable têm todas quatro nomeações. Apesar do sucesso da última temporada, A Guerra dos Tronos conseguiu apenas uma nomeação, para Kit Harington (melhor ator em série dramática).

A cerimónia de entrega dos Globos de Ouro - prémios de cinema e de televisão atribuídos pela Associação de Imprensa Estrangeira em Hollywood - realiza-se no dia 5 de janeiro, em Los Angeles, nos Estados Unidos. A apresentação estará a cargo de Ricky Gervais.

CINEMA

Melhor Filme Dramático
Joker
Marriage Story
1917
The Two Popes
O Irlandês

Melhor ator em filme dramático
Christian Bale, Ford vs. Ferrari
Antonio Banderas, Dor e Glória
Adam Driver, Marriage Story
Joaquin Phoenix, Joker
Joanathan Pryce, The Two Popes

Melhor atriz em filme dramático
Cynthia Erivo, Harriet
Saoirse Ronan, Little Women
Charlize Theron, Bombshell
Renée Zellweger, Judy
Scarlett Johansson, Marriage Story

Melhor filme de comédia ou musical
Dolemite Is My Name
Jojo Rabbit
Knives Out
Era Uma Vez em Hollywood
Rocketman

Melhor ator em filme de comédia ou musical
Daniel Craig, Knives Out
Roman Griffin Davis, Jojo Rabbit
Taron Egertons, Rocketman
Eddie Murphy, Dolemite Is My Name
Leonardo DiCaprio, Era Uma Vez... em Hollywood

Melhor atriz em filme de comédia ou musical
Ana de Armas, Knives Out
Awkwaifina, The Farewell
Cate Blanchett, Where'd You Go, Bernadette
Beanie Feldstein, Booksmart
Emma Thompson, Late Night

Melhor ator secundário de cinema
Tom Hanks, A Beautiful Day in the Neighborhood
Anthony Hopkins, The Two Popes
Al Pacino, O Irlandês
Joe Pesci, O Irlandês
Brad Pitt, Era Uma Vez... em Hollywood

Melhor atriz secundária em cinema
Kathy Bates, Richard Jewell
Annette Bening, The Report
Laura Dern, Marriage Story
Jennifer Lopez, Hustlers
Margot Robbie, Bombshell

Melhor realizador
Bong Joon-ho, Parasitas
Sam Mendes, 1917
Martin Scorsese, O Irlandês
Quentin Tarantino, Era Uma Vez... em Hollywood
Todd Phillips, Joker

Melhor argumento
O Irlandês
Marriage Story
Era Uma Vez... em Hollywood
Parasitas
The Two Popes

Melhor banda sonora
Joker
Little Women
Marriage Story
Motherless Brooklyn
1917

Melhor canção
Beautiful Ghosts, Taylor Swift and Andrew Lloyd Webber, Cats
(I'm Gonna) Love Me Again, Elton John, Rocketman
Into the Unknown, Kristen Anderson-Lopez and Robert Lopez, Frozen II
Spirit, Beyoncé, The Lion King
Stand Up, Harriet

Melhor filme em língua estrangeira
The Farewell
Les Miserables
Parasitas
Portrait of a Lady on Fire
Dor e Glória

Melhor filme de animação
Frozen II
How to Train Your Dragon: The Hidden World
The Lion King
Missing Link
Toy Story 4

TELEVISÃO

Melhor série de comédia ou musical
The Kominsky Method
The Marvelous Mrs. Maisel
The Politician
Barry
Fleabag

Melhor ator em série de comédia ou musical
Michael Douglas, O Método Kominsky
Bill Hader, Barry
Ben Platt, The Politician
Paul Rudd, Living With Yourself
Ramy Youssef, Ramy

Melhor atriz em série de comédia ou musical
Christina Applegate, Dead to Me
Rachel Brosnahan, Marvelous Mrs. Maisel
Kirsten Dunst, On Becoming a God in Central Florida
Natasha Lyonne, Russian Doll
Phoebe Waller-Bridge, Fleabag

Melhor série dramática
Big Little Lies
Killing Eve
The Morning Show
Succession
The Crown

Melhor ator em série dramática
Brian Cox, Succession
Kit Harington, A Guerra dos Tronos
Rami Malek, Mr. Robot
Tobias Menzies, The Crown
Billy Porter, Pose

Melhor atriz em série dramática
Jennifer Aniston, The Mourning Show
Olivia Colman, The Crown
Jodie Comer, Killing Eve
Nicole Kidman, Big Little Lies
Reese Witherspoon, The Morning Show

Melhor telefilme ou minissérie
Catch-22
Chernobyl
Fosse/Verdon
The Loudest Voice
Unbelievable

Melhor ator em telefilme ou minissérie
Christopher Abbott, Catch-22
Sacha Baron Cohen, The Spy
Jared Harris, Chernobyl
Russell Crowe, The Loudest Voice
Sam Rockwell, Fosse/Verdon

Melhor atriz em telefilme ou minissérie
Kaitlyn Dever, Unbelievable
Joey King, The Act
Helen Mirren, Catherine the Great
Merritt Weaver, Unbelievable
Michelle Williams, Fosse/Verdon

Melhor ator secundário TV
Alan Arkin, O Método Kominsky
Kieran Culkin, Succession
Andrew Scott, Fleabag
Stellan Skarsgard, Cher

Melhor atriz secundária TV
Patricia Arquette, The Act
Helena Bonham Carter, The Crown
Toni Collette, Unbelievable
Meryl Streep, Big Little Lies
Emily Watson, Chernobyl

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG