Mais 2535 infetados. É o 2º dia com mais casos em Portugal

O boletim epidemiológico da DGS de hoje revela ainda que estão hospitalizadas 1272 ​​pessoas (mais 35 do que ontem), 187 destas nos cuidados intensivos (mais 11). Mais 1340 pessoas recuperaram da doença.

Em Portugal, nas últimas 24 horas, morreram mais 16 pessoas vítimas da pandemia de covid-19 e foram confirmados mais 2535 casos - o segundo dia com mais infetados no país desde o início da pandemia, só ultrapassado pela sexta-feira passada (16 de outubro), quando se registaram 2 608 novas infeções.

Segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) desta quarta-feira (21 de outubro), no total, desde que a pandemia começou, registaram-se 106 271 infetados, 63 238 recuperados (mais ​1340) e 229 vítimas mortais no país.

As autoridades de saúde têm 55.882 pessoas em vigilância, menos 244 do que na terça-feira.

A DGS revela ainda que estão ativos 40.804 casos, mais 1.179 que na terça-feira.

Número de internamentos próximo dos máximos registados em abril

Segundo o boletim epidemiológico, das 16 mortes registadas, oito ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, quatro na região Norte, duas no Centro, uma no Alentejo e outra no Algarve.

Os dados oficiais facultados desde o início da pandemia revelam que o número de hoje de internamentos está próximo dos máximos registados em abril, quando o maior número de doentes internados nos hospitais foi atingido a 16 de abril, com 1.302.

O máximo de internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos foi registado em 07 de abril, dia em que 217 pessoas estavam nestas unidades devido à infeção com o novo coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19.

Nas últimas 24 horas 1.340 doentes recuperaram, totalizando 63.238 desde o início da pandemia.

A região Norte continua a registar o maior número de novas infeções diárias, registando hoje mais 1.379 casos, totalizando 42.921, e 980 mortos desde o início da pandemia.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados 863 novos casos de infeção, contabilizando a região 49.459 casos e 898 mortes.

Na região Centro registaram-se 197 novos casos, contabilizando 8.743 infeções e 283 mortos.

No Alentejo foram registados 50 novos casos de covid-19, totalizando 2.163 com um total de 30 mortos desde o início da pandemia.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 41 casos de infeção, somando 2.307 casos e 23 mortos.

Na Região Autónoma dos Açores foi registado um novo caso nas últimas 24 horas, somando 329 infeções detetadas e 15 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira registou quatro novos casos nas últimas 24 horas, contabilizando 349 infeções, sem óbitos até hoje.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

No total, o novo coronavírus já afetou em Portugal pelo menos 48.364 homens e 57.907 mulheres, de acordo com os casos declarados.

Do total de vítimas mortais, 1.125 eram homens e 1.104 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nas pessoas com mais de 80 anos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 40,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Europa com novo recorde semanal

A Europa registou na semana passada um novo recorde de infeções pelo novo coronavírus - 927 mil -, segundo dados divulgados esta quarta-feira pela secção europeia da Organização Mundial de Saúde (OMS).

A Europa registou nesse período uma subida de 25% dos casos confirmados e foi responsável por 38% dos novos casos em todo o mundo. A Rússia, a República Checa e Itália registaram mais de metade dos novos casos na Europa.

O aumento mais significativo registou-se na Eslovénia, onde os novos casos aumentaram 150% em relação à semana anterior, elevando-se a 4 890 infeções.

A OMS destacou também que o número de mortes associadas à covid-19 na Europa "continua a subir", tendo subido cerca de 30% em relação à semana anterior.

41,1 milhões de casos em todo o mundo

O novo coronavírus já infetou mais de 41,1 milhões de pessoas no mundo inteiro até esta quarta-feira e provocou 1 130 693 mortes, segundo dados oficiais, atualizados às 10:50. Há agora 30,6 milhões de recuperados.

No total, os Estados Unidos da América são o país com a maior concentração de casos (8 521 465) e de mortes (226 204). Em relação ao número de infetados acumulados no mundo, seguem-se a Índia (7 651 107), o Brasil (5 274 817) e a Rússia (1 447 335). Portugal surge em 45.º lugar nesta tabela.

Quanto aos óbitos, depois dos Estados Unidos, o Brasil é a nação com mais mortes declaradas (15 888), seguidos da Índia (115 236) e do México (86 893).

* com Lusa

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG