Há 42 infetados em surto numa fábrica no Carregado

Já foram realizados mais de 300 testes a trabalhadores de uma indústria de cerâmicas, cujas instalações tiveram de ser desinfetadas.

Há, pelo menos, 42 casos positivos de Covid-19 num surto numa unidade industrial do Carregado, no concelho de Alenquer, confirmou esta segunda-feira a DGS. Os infetados trabalham na unidade de produção da Geberit, cuja laboração foi interrompida.

Nos últimos dias foram realizados mais de 300 testes, segundo noticiou a TVI, com as instalações desta fábrica de cerâmicas a serem desinfetadas. Para já, dos resultados conhecidos, há 42 casos confirmados mas o número ainda pode aumentar, já que mais de 100 testes ainda aguardam resultados, segundo informou Graça Freitas, na conferência que se seguiu à atualização do boletim epidemiológico desta segunda-feira.

Os primeiros dois casos foram detetados no início da semana passado, na segunda-feira, dia 6. Após ser dado conhecimento ao delegado de saúde, foram efetuados testes a todos os funcionários que tinham contactos mais próximos e foram registados 14 positivos, Durante o fim de semana foram realizados mais testes, abrangendo as quase quatro centenas de trabalhadores da empresa.

Nesta multinacional suíça já tinha ocorrido um pequeno foco em maio quando foram detetados dois casos entre colaboradores da empresa. O contágio foi sustido e o delegado de saúde de Alenquer considerou estarem reunidas as condições para a empresa manter a atividade.

Agora surgiu um novo foco, de maior dimensão, e que obriga a medidas mais abrangentes,

Portugal contabiliza pelo menos 1.662 mortos associados à Covid-19 em 46.818 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

* notícia atualizada às 13.57

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG