Pior semana da pandemia deixa Portugal à porta dos 100 mil casos

O número de novas infeções com covid-19 foi inferior a 2 mil nas últimas 24 horas. Mas há mais 72 internamentos e mais 7 pessoas nos cuidados intensivos.

Em Portugal, nas últimas 24 horas, morreram mais 19 pessoas vítimas da pandemia de covid-19 e foram confirmados mais 1 856 casos de infeção.

Depois de quatro dias com mais de 2 mil novos casos por dia, este domingo o número de infeções foi inferior - e Portugal fica, assim, à beira de atingir os 100 mil casos confirmados de covid-19.

Segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) deste domingo (18 de outubro), no total, desde que a pandemia começou, registaram-se 99 911 infetados​ e 2 181 vítimas mortais no país.

A taxa de letalidade está hoje nos 2,18% (proporção entre o número de mortes por uma doença e o número total de doentes que sofrem dessa doença).

O número de recuperados é agora de 59 000 (1 081 nas ultimas 24 horas).

Neste momento, há 38 730 doentes ativos a ser acompanhados pelas autoridades de saúde, mais 756 do​​​​​​ que ontem. E há ainda 54 851 pessoas sob vigilância (mais 2308 do que ontem).

Estão internados 1086 doentes, ou seja, mais 72 do que no dia anterior, dos quais 155 encontram-se nos cuidados intensivos (mais 7). A subida no número de internamentos é preocupante embora ainda esteja longe dos números de abril, quando chegar aos 1302 internamentos registados a 16 de abril, no pico da pandemia.

Das 19 mortes, dez ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo e 9 na região do Norte. O aumento de casos foi significativo no Norte, onde se registaram 1 168 novos casos.

A semana com mais casos de covid-19

A semana que agora termina (12-18 de outubro) foi, até agora, aquela em que se registaram mais casos de covid-19. Nos últimos sete dias registaram-se 13247 novos caso, o que dá uma média diária de 1892 casos.

Sexta-feira foi o dia com mais novos casos (2698) desde o início da pandemia.

Em termos de novas infeções, esta semana foi muito pior do que o pico de abril, quando no dia 10 de abril se registaram 1516 casos mas numa semana em que em todos os outros dias não foram detetados mais de mil casos.

No entanto, o número de mortes por covid-19 é, agora, inferior. Esta semana, o dia pior foi sexta-feira com 21 vítimas mortais.

Pelo contrário, entre 3 e 29 de abril, apenas houve um dia come menos de 20 mortes e várias vezes esse número foi superior a 30. O dia 3 de abril foi aquele em que se registaram mais mortes por covid-19: 37.

Acompanhe aqui toda a atualidade da pandemia de covid-19.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG