Mais 13 mortos e 2153 infetados com covid-19 em Portugal

Segundo o boletim da DGS desde sábado, o número de infeções é até agora de 95 055. Mas os internamentos não aumentaram.

Em Portugal, nas últimas 24 horas, morreram mais 13 pessoas vítimas da pandemia de covid-19 e foram confirmados mais 2 153 casos de infeção.

Segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) deste sábado (17 de outubro), no total, desde que a pandemia começou, registaram-se 98 055 infetados​ e 2 162 vítimas mortais no país.

O número de recuperados é de 57 919 (1 853 nas ultimas 24 horas).

Neste momento, há 37 974 doentes portugueses ativos a ser acompanhados pelas autoridades de saúde, mais 287 do​​​​​​ que ontem.

Estão internados 1 014 doentes, ou seja, menos um do que no dia anterior, dos quais 148 encontram-se nos cuidados intensivos (mais 4).

As 13 mortes ocorridas nas últimas 24 horas distribuem-se assim geograficamente: 6 na região do Norte, 6 em Lisboa e Vale do Tejo, uma no Algarve e uma no Alentejo.

Quanto aos novos casos, a maioria foi também registada no Norte (1 124), seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo (781) e a região Centro (149).

Neste momento, encontram-se sob vigilância das autoridades de saúde 52 543 pessoas (mais 759 do que ontem).

Portugal ultrapassou, pela primeira vez, a barreira dos dois mil casos diários de infeção pelo novo coronavírus nesta quarta-feira. Este é, portanto, o quarto dia consecutivo acima dos 2000 casos: 2608 ontem; 2101 na quinta, 2072 na quarta.

O número de óbitos também tem vindo a aumentar. Na sexta-feira tinham sido registados 21 mortes, o valor mais elevado desde o dia 3 de abril, quando se registaram 37 vítimas da covid-19. A taxa de letalidade está nos 2,20%.

Acompanhe aqui toda a atualidade sobre a pandemia de covid-19.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG