Portugal com mais 413 infetados. Novos mortos são na região de Lisboa

Dados da Direção-Geral de Saúde confirmam sete novos óbitos nas últimas 24 horas. Total de mortes já ultrapassa as 1600

Portugal registou mais 413 casos por coronavírus e mais sete mortes nas últimas 24 horas, segundo o Boletim Epidemiológico divulgado este sábado, 4 de julho, pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Ao todo, desde o início do surto, o nosso país teve já 43 560 pessoas infetadas e 1605 vítimas mortais devido à covid-19.

Dos novos casos confirmados, 317 foram registados na região de Lisboa e Vale do Tejo, que continua a ser a zona do país mais afetada pela covid-19 - tendo desde o início da pandemia um total de 20 273 infetados. Os mortos ocorridos nas últimas 24 horas foram todos também registados nesta região (que tem já um total de 498 vítimas mortais).

Mais 348 pessoas foram dadas como recuperadas, aumentando assim para 28 772 o número de curados no país.

Foram 489 doentes internados, dos quais 73 em UCI.

Na sexta-feira, Portugal tinha registado 374 casos por coronavírus e mais 11 mortes - o número mais elevado de óbitos desde 8 de maio. Nesse dia, a comissária europeia da saúde, Stelly Kyriakides, reconheceu, em entrevista ao DN e à TSF, que "o exemplo de Portugal na covid-19 mostra muito claramente como a situação é frágil".

A comissária afirmou que é importante que "todos percebem que a covid-19 ainda está connosco. Ninguém pode dizer como as próximas semanas e meses vão desenrolar-se. Certamente não estamos onde estávamos em janeiro e fevereiro, quando os casos apareceram pela primeira vez. Mas precisamos estar vigilantes e, quando necessário, tomarmos medidas para proteger os cidadãos".

Acompanhe AQUI toda a atualidade sobre a pandemia de covid-19.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG