Covid-19: Estados Unidos próximos dos 170 mil mortos desde o início da pandemia

Os Estados Unidos atingiram, no sábado, um total de 169 313 mortos e 5 345 610 casos de covid-19, desde o início da pandemia, de acordo com os dados divulgados pela Universidade Johns Hopkins.

Segundo os números contabilizados pela universidade norte-americana, sediada em Baltimore (leste), os Estados Unidos são o país com mais mortos e mais casos de infeção confirmados.

Nova Iorque continua a ser o estado com o número mais elevado de mortes (32 833), superior ao de países como França ou Espanha. Só na cidade de Nova Iorque morreram 23 621 pessoas.

Seguem-se Nova Jersey (15 910 mortes), Califórnia (11 149), Texas (10 254), Florida (9 345), e Massachusetts (8 804), Illinois (7 937), Pensilvânia (7 451) e Michigan (6 586).

Em termos de infeções, a Califórnia registou 613 561, desde o início da pandemia, seguida da Florida, com 569 637, do Texas, com 542 625, e de Nova Iorque, com 424 901.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 760 mil mortos e infetou mais de 21 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG