Mais 451 infetados. Casos sobem no Norte e Centro e descem a Sul

Nas últimas 24 horas morreu mais uma pessoa devido à covid-19. Estão internados 208 doentes, 58 dos quais em unidades de cuidados intensivos.

O número de novos casos de covid-19 em Portugal desceu ligeiramente nas últimas 24 horas. Há hoje mais 451 infetados (menos 60 do que na véspera), segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) desta quinta-feira (20 de maio).

Os dados do relatório sanitário mostram ainda que morreu mais uma pessoa devido à doença. O óbito de uma mulher com mais de 80 anos foi registado na região de Lisboa e Vale do Tejo e elevou o número total de mortes para 11 183 desde o início da pandemia (março de 2020).

O Norte voltou a ser a região que reportou mais casos (171) depois de três dias em que a região de Lisboa e Vale do Tejo foi responsável pela maior número de infeções. Os infetados na zona da capital desceram de 250 para 159 nas últimas 24 horas.

Os novos casos na região centro subiram ligeiramente (de 40 para 59), enquanto o Algarve reportou menos nove casos do que ontem (18) e o Alentejo manteve os novos dez casos. Os Açores reportaram 22 novas infeções (menos 5 do que na quarta-feira) e a Madeira 11 (menos 7).

Internados estão agora 208 doentes (menos três do que na véspera) com a infeção por SARS-CoV-2, dos quais 58 em unidades de cuidados intensivos. Números que confirmam a tendência de descida do número de internados, apesar de haver mais duas pessoas em UCI do que na quarta-feira.

Em 24 horas, foram ainda reportados mais 346 casos de pessoas que recuperaram da doença, elevando para 804 522 o número de recuperados da covid-19. Há mais 104 casos ativos e mais 207 em vigilância.

Autotestes na plataforma online

Nesta quinta-feira, foi anunciada a entrada em funcionamento da plataforma online para comunicar o resultado dos autotestes de covid-19 que, de acordo com um comunicado da task force do processo de testagem, foi "criada no âmbito do regime excecional e temporário para a realização em autotestes de testes rápidos de antigénio por não profissionais".

Esta nova forma de reportar os resultados junta-se àquela que já estava disponível, através do contacto telefónico para o SNS24, que se manterá ativo para as pessoas com resultados positivos ou inconclusivos.

Agora, todos os resultados dos testes, nomeadamente os negativos, podem ser comunicados às autoridades de saúde através do preenchimento de um formulário eletrónico, que está disponível no site https://covid19.min-saude.pt.

Fesrtival NOS Alive adiado

Também hoje ficou a saber-se que o Festival NOS Alive foi adiado para 6, 7, 8 e 9 de julho de 2022 devido à pandemia.

Os bilhetes vão estar disponíveis a partir de 24 de maio, informou a organização do festival.

"Estamos ansiosos por voltar ao Passeio Marítimo de Algés para vos receber de braços abertos, mas mantendo-se a situação pandémica atual que limita a circulação entre países, fica inviabilizada a maioria das tours para o verão de 2021, o que nos obriga a adiar o festival para 2022", lê-se no comunicado.

Infeções e mortes na Europa desceram 60% no último mês

Em relação à vacinação contra a covid-19, a Organização Mundial de Saúde (OMS) garantiu a eficácia das vacinas disponíveis para todas as variantes do SARS-CoV-2, assinalando uma queda de 60% nas infeções e mortes na Europa no último mês.

"Os casos semanais na Europa desceram de um planalto de 1,7 milhões em meados de abril para cerca de 685 mil novos casos na semana passada, uma descida de 60% num mês", afirmou em conferência de imprensa virtual o diretor do departamento europeu, Hans Kluge.

O responsável da OMS considerou que "as vacinas são uma luz ao fundo do túnel, mas não se pode deixar que essa luz cegue".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG