Localizada retroescavadora que caiu ao Paiva. Buscas para encontrar condutor mantêm-se

O condutor da retroescavadora que caiu ao rio Paiva está desaparecido desde quinta-feira. Mais de 60 operacionais participam nas buscas.

A retroescavadora que na quinta-feira caiu ao rio Paiva, na sequência de um deslizamento de terras, em Castro Daire, foi localizada esta segunda-feira, às 14:30, mas o condutor que manobrava a máquina continua desaparecido, disse ao DN o Comando Distrital de Operações de Socorro de Viseu.

As buscas pelo condutor envolvem cerca de 62 operacionais, apoiados por 24 viaturas e um barco, refere a mesma fonte

Devido ao mau tempo provocado pela depressão Elsa, um homem está desaparecido desde quinta-feira, quando a retroescavadora que manobrava foi arrastada para o rio Paiva, na sequência de um deslizamento de terras na freguesia de Ribolhos, em Castro Daire, no distrito de Viseu. O alerta foi dado às 21:30. Na altura, estavam a ser efetuadas limpezas na via por causa de um aluimento de terras ocorrido horas antes.

A passagem da depressão Elsa fez dois mortos na quinta-feira. A zona de Taipadas, no Montijo, um pinheiro de grandes dimensões caiu sobre um camião provocando a morte ao condutor e em Castro Daire, distrito de Setúbal, um homem morreu na sequência do desabamento de uma casa em Codeçais.

Os efeitos do mau tempo, que se fazem sentir desde quarta-feira, deixaram 144 pessoas desalojadas. Foram registadas mais de 11 600 ocorrências, na maioria inundações e quedas de árvores.

Atualizado às 18:52

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG