Graça Freitas: "Não nos devemos beijar todos os dias e a toda a hora"

Diretora-Geral da Saúde explicou o que deve ser o "distanciamento social" recomendado como uma das medidas de prevenção do Covid-19 e anunciou que ainda não há casos positivos em Portugal, mas "há sete ou oito casos à espera de resultados"

Em Portugal, onde não foram ainda registados casos positivos ao covid-19, a diretora geral de saúde, Graça Freitas, recomenda o reforço da "higiene das mãos com água e sabão e se possível com álcool" e "espirrar ou tossir para o cotovelo e a mais de um metro" de outras pessoas para minimizar a transmissão do coronavírus.

A responsável diz que "a vida deve continuar" e que não devem ser interrompidas atividades essenciais", mas alerta que se devem evitar outro tipo de atividades, como concertos ou jogos. "Não nos devemos beijar todo o dia e a toda a hora nem devemos confraternizar tanto como habitual", alertou.

Graça Freitas revelou esta sexta-feira que, em relação ao último balanço, "há casos negativos e sete ou oito a aguardar resultados". "A grande maioria veio de Milão, de feiras de calçado e outras feiras ligadas a indústria. Alguns casos poderão ser de coronavírus de inverno e não do covid-19. Estes casos são apenas a ponta do iceberg, recebemos centenas de chamadas", explicou, prometendo um novo balanço da Direção Geral de Saúde (DGS) para o final da tarde.

Para as pessoas que chegaram recentemente de Itália mas que estão assintomáticas, a diretora geral de saúde recomenda que se mantenham atentas "aos sintomas durante os primeiros 14 dias" desde a viagem. "As pessoas devem ligar sempre para a Saúde 24", concluiu.

Em todo o mundo o novo coronavírus fez 2858 mortos e infetou mais de 83 mil pessoas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG