GNR avisa que deitar máscaras e luvas para o chão facilita propagação do vírus

Guarda Nacional Republicana frisa que "todas as máscaras, luvas e lenços descartáveis utilizados deverão ser sempre colocados no contentor do lixo comum".

A Guarda Nacional Republicana apelou esta quinta-feira nas suas plataformas digitais para que não se deite para o chão "equipamento de proteção individual, como a máscara ou as luvas, após a sua utilização", alertando para o facto de que "procedimentos incorretos poderão facilitar a propagação da covid-19".

"Caso esteja em contacto com casos suspeitos ou confirmados de infeção por covid-19 em tratamento no domicílio, todos os resíduos produzidos pelos doentes e por quem lhes presta assistência devem ser colocados em sacos de lixo resistentes e descartáveis, com enchimento até dois terços da sua capacidade, nunca calcando os resíduos, nem apertando o saco para sair o ar", escreveu a GNR nas redes sociais.

"Os sacos, devidamente fechados, com dois nós bem apertados e, preferencialmente, com um atilho ou adesivo, devem ser colocados dentro de um segundo saco, também ele devidamente fechado, e ser depositado no contentor do lixo comum", pode ler-se na publicação, que acrescenta ainda que "todas as máscaras, luvas e lenços descartáveis utilizados deverão ser sempre colocados no contentor do lixo comum".

"Apelamos para a consciencialização de todos, sobre o perigo que acarreta a não colocação deste tipo de equipamentos de proteção no local que lhes é devido", rematou a GNR.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG