Acidente na Via do Infante causa três mortos e dois feridos graves

Colisão entre quatro viaturas ligeiras ocorreu na A22 no sentido Portimão-Faro perto da saída para Boliqueime. Uma das vítimas mortais é um menino de cinco anos. Outra criança de dois anos ficou gravemente ferida. Trânsito já foi restabelecido

Um acidente que envolveu quatro viaturas na A22, conhecida como Via do Infante, provocou três mortos e seis feridos. O sinistro ocorreu cerca das 15.45, junto à saída para Boliqueime, em Loulé. As vítimas mortais são duas mulheres, de 60 e 35 anos, e um menino de 5 anos, de acordo com informações prestadas pelo INEM.

O Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro confirmou ao DN que o acidente envolveu quatro automóveis e provocou doze vítimas. Dois feridos graves, uma criança de 2 anos e um homem de 64, foram transportados para o hospital de Faro, revelou o INEM. Há ainda cinco feridos ligeiros, quatro do sexo masculino - dois homens de 53 e 28 anos, um menino de 4 anos e um bebé de 9 meses - e ainda uma mulher de 25 anos, que foram também transportados para a mesma unidade de saúde. Outros dois receberam apenas assistência no local.

A autoestrada foi cortada no sentido Portimão-Faro para que os serviços de socorro prestassem auxílio às vítimas, mas entretanto o trânsito já foi restabelecido. "O trânsito já foi restabelecido. A reabertura deu-se às 19.12 e as equipas de emergência e socorro já estão a desmobilizar", afirmou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro à Lusa.

Às 17:30 permaneciam ainda no local 34 operacionais dos Bombeiros, GNR, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e Cruz Vermelha, apoiados por 16 viaturas, e foram necessárias quase duas horas de trabalho para as equipas de socorro e emergência conseguirem repor as condições de circulação e reabrirem o trânsito, às 19:12.

(em atualização)

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG