Macau regista infeção em mulher que esteve no Porto, primeiro caso em 40 dias

Trata-se de uma mulher sul-coreana, de 26 anos, trabalhadora não residente no território, que visitou a família do namorado no Porto.

Macau registou hoje o primeiro caso de infeção pelo novo coronavírus em 40 dias, uma sul-coreana que chegou ao território vinda do Porto, onde visitou familiares do namorado, anunciaram as autoridades locais.

Antes desta confirmação, Macau registava dez casos de infeção com o vírus da covid-19, tendo todos já recebido alta hospitalar. Agora, são 11 o número de pessoas em Macau infetadas desde que o surto começou.

"O Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus informa que foi diagnosticado em Macau este domingo (15 de março) um novo caso importado de infeção por novo tipo de coronavírus", anunciaram as autoridades de Macau, em comunicado.

Trata-se de uma mulher sul-coreana, de 26 anos, trabalhadora não residente no território, que visitou a família do namorado no Porto.

A mulher saiu de Macau no dia 30 de janeiro "com o seu namorado para visitar familiares no Porto", explicaram as autoridades de saúde da Região Administrativa Especial de Macau.

"No dia 13 de março, chegou a Hong Kong proveniente do Porto, com escala no Dubai, no voo n.º EK380 de Dubai para Hong Kong e ocupando o lugar 31J", detalharam.

"Por volta das 00:30 do dia 14 de março, a doente chegou a Macau através da ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, no mesmo dia, começou a manifestar tosse ligeira", tendo-se deslocado ao Centro Hospitalar Conde de São Januário. Foi submetida ao teste e foi diagnosticada com a infeção com o novo coronavírus.

A sul-coreana encontra-se agora em isolamento no mesmo hospital e a "situação clínica da paciente é considerada normal".

"O seu namorado de nacionalidade portuguesa é classificado como caso de contacto próximo e os Serviços de Saúde estão a investigar outras pessoas com contacto", asseguraram as autoridades.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos de infeção confirmados para 245, mais 76 do que os registados no sábado.

O novo coronavírus responsável pela pandemia de covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 6.000 mortos em todo o mundo.

O número de infetados ronda as 160 mil pessoas, com casos registados em pelo menos 139 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 245 casos confirmados. Do total de infetados, mais de 75 mil recuperaram.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG