Bancos e mesas retirados da Praça Paiva Couceiro para evitar aglomerações

Junta de Freguesia de Penha de França tomou medida preventiva para "garantir a saúde de todos"

Junta de Freguesia de Penha de França, de Lisboa, retirou esta terça-feira de manhã os bancos e meses da Praça Paiva Couceiro para "garantir a saúde de todos e evitar aglomerações", anunciou nas redes sociais.

O DN sabe que esta zona é bastante frequentada por idosos, que habitualmente se aglomeram para a prática de atividades de recreio como jogos de cartas e de dados.

O local chegou a estar interditado pela junta de freguesia como uma das medidas preventivas na sequência da propagação do novo coronavírus em Portugal, mas as fitas foram facilmente retiradas e as atividades de recreio continuaram.

Em Portugal, há 30 mortes, mais sete do que na véspera, e 2.362 infeções confirmadas, segundo o balanço feito esta pela Direção-Geral da Saúde, que regista mais 302 casos do que na segunda-feira.

Dos infetados, 203 estão internados, 48 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 22 doentes que já recuperaram.

Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de quinta-feira e até às 23:59 de 2 de abril.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 386 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram cerca de 17.000.

Os países mais afetados a seguir à Itália e à China são a Espanha, com 2.696 mortos em 39.673 infeções, o Irão, com 1.934 mortes num total de 24.811 casos, a França, com 860 mortes (19.856 casos), e os Estados Unidos, com 499 mortes (41.511 casos).

LEIA MAIS AQUI

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG