Exclusivo Modi exibe neutralidade indiana na visita à Europa

Primeiro-ministro disse que "ninguém sairá vencedor desta guerra". Índia absteve-se de votar contra a invasão na ONU e aumentou importações da Rússia.

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, defendeu ontem que "ninguém sairá vencedor desta guerra" entre a Rússia e a Ucrânia, reiterando que o seu país é pela "paz" e apelando ao cessar-fogo e ao diálogo para pôr fim ao conflito. A declaração foi feita na Alemanha, ao lado do chanceler Olaf Scholz, no primeiro dia de uma visita que o levará à Dinamarca e a França.

Uma visita que surge na procura de reforçar a sua cooperação com os países europeus e a própria União Europeia, mas durante a qual será confrontado com a neutralidade indiana diante do conflito. Nova Deli não só não condenou a invasão, abstendo-se na votação sobre o tema nas Nações Unidas, como aproveitou os descontos russos para aumentar as importações.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG