Premium Saiba quanto desvalorizaram os jogadores de Benfica, FC Porto e Sporting

A cotação dos plantéis dos três principais clubes nacionais baixou em média 19%. Rúben Dias, Alex Telles e Marcos Acuña são os mais bem cotados em cada um dos emblemas. Bernardo Silva foi destronado como o jogador português mais caro do mundo.

Já passou um mês e meio desde que a bola parou nos campeonatos profissionais em Portugal em praticamente toda a Europa. Em condições normais, a competição estaria por esta altura ao rubro, com a realização dos jogos de todas as decisões para atribuição dos diversos títulos nacionais e internacionais. Ao invés, a pandemia de covid-19 atirou o futebol para um buraco negro, onde os clubes procuram manter-se à tona sem receitas e procurando formas de honrar os seus compromissos salariais. E no meio de toda esta turbulência, os futebolistas, que são afinal os principais ativos dos clubes, veem o seu valor de mercado baixar.

De acordo com o site Transfermarkt , especialista na avaliação de jogadores, os plantéis dos clubes portugueses desvalorizaram em média 19% em relação à cotação que tinham no primeiro trimestre de 2020. Esta é uma consequência da crise económica que já atinge os clubes e da perspetiva de que nas próximas janelas de transferências, os montantes envolvidos nos negócios sejam consideravelmente mais baixos.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG