Exclusivo Professores prometem maior manifestação de toda a legislatura

Dados da mobilização, como o número de autocarros já reservados, levam sindicatos a acreditar que os 50 mil participantes de maio do ano passado podem ser ultrapassados. Debate do tempo de serviço no Parlamento é incentivo adicional ao protesto.

Os números só se tornarão mais claros esta sexta-feira mas, com base na mobilização já registada entre os professores, nomeadamente no número de autocarros reservados - um preditor bastante fiável da adesão -, os sindicatos acreditam que a manifestação nacional deste sábado (15.00), que ligará o Marquês de Pombal ao Terreiro do Paço, poderá mesmo ser a maior de toda a legislatura.

"Penso que é uma mobilização superior à do ano passado", disse ao DN Mário Nogueira, da Federação Nacional dos Professores (Fenprof), referindo-se à manifestação de 19 de maio de 2018, a maior de uma única classe até agora desta legislatura, que terá chegado aos 50 mil participantes. "Os números que tínhamos no início da semana já eram superiores aos do ano passado [na mesma altura]", explicou, adiantando por exemplo que só na zona centro já estavam reservados 30 autocarros na segunda-feira, esperando-se também números significativos de zonas como "Santarém, Setúbal, zona sul, o Algarve. Estes números tendem a crescer nos últimos dois dias", acrescentou. "No ano passado, na sexta-feira [véspera da manifestação], aumentaram um terço."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG