Premium Índia vs. China. Uma fronteira por desenhar e mortes 45 anos depois das últimas baixas

Os dois países estiveram envolvidos numa guerra em 1962, mas esta é a primeira vez desde 1975 que as escaramuças - comuns na zona fronteiriça - resultam em vítimas mortais.

O confronto fronteiriço entre a Índia e a China, que nunca ficou resolvido após a guerra de 1962 entre os dois países, voltou a provocar baixas 45 anos depois. Pelo menos 20 soldados indianos morreram na região de Ladakh numa briga violenta, com pedras e bastões mas sem tiros, com os militares chineses, cujas baixas não foram oficialmente confirmadas, depois de mais de um mês de tensão e escaramuças em vários pontos da fronteira.

O balanço inicial dos militares indianos era para a morte de um coronel e dois soldados, mas o número foi mais tarde revisto em alta, com a morte de vários soldados que tinham ficado feridos com gravidade e expostos a temperaturas negativas em terrenos de elevada altitude nos Himalaias. A agência de notícias indiana ANI fala em 43 vítimas do lado chinês, algo que não foi confirmado oficialmente.

Ler mais

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG