Cidades que vão ser quentes demais para se visitar em 2050

Foram reveladas as cidades que mais vão ser afetadas pelas alterações climáticas em 2050. E as altas temperaturas vão impedir que explore cada recanto destas cidades.

Os efeitos das alterações climáticas são cada vez mais visíveis e continuam a levar os termómetros ao máximo. Durante 2018, e pelo quarto ano consecutivo, as temperaturas máximas atingiram valores históricos em diversas regiões do globo.

O grupo de cidades mundiais que combate as mudanças climáticas, C40 Cities Climate Leadership Group, revelou que cerca de 350 grandes metrópoles são afetadas por temperaturas superiores a 35º Celsius, ao longo de três ou mais meses. Mas em 2050 é previsto que este número alcance por volta de 970 cidades.

De acordo com grupo C40, as cidades podem se adaptar ao melhorar os parques naturais, os lagos e as infraestruturas, mas também ao fornecer locais para os viajantes descansarem à sombra e se refrescarem. Sem nunca esquecer os planos de ação contra as ondas de calor.

Para saber mais clique aqui: www.voltaaomundo.pt

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG