Covid-19, gripe e constipação. Quais as diferenças entre os sintomas?

Em comum, o novo coronavírus e uma constipação têm a prevenção, que é exatamente a mesma para ambas.

Febre, tosse, dores musculares. Estes podem ser os sintomas de uma gripe comum, causada também por um coronavírus, mas não aquele que recebeu o nome de Covid-19 e que já causou a morte a mais de 4000 pessoas em todo o mundo. Francisco George, ex-diretor-geral da Saúde, disse há dias que o novo vírus, oriundo da China mas que já chegou a Portugal e a outros países da Europa, é mais mortal do que o vírus da gripe. Os sintomas da doença podem ser muito parecidos até com os de uma simples constipação. Como os poderemos distinguir?

Quais as diferenças?

Os coronavírus humanos comuns - que não devem ser confundidos com o novo coronavírus, ou SARS-CoV-2, atualmente em circulação - podem causar doenças leves a moderadas do trato respiratório superior, como a constipação comum, que causa, por exemplo, nariz a pingar e espirros, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

Segundo Marie-Louise Landry, MD, especialista em doenças infecciosas da Yale Medicine e diretora do Laboratório de Virologia Clínica de Yale, citada pela Health, são quatro os coronavírus humanos comuns que causam 15 a 30% das constipações.

O Inverno é também altura de outro tipo de coronavírus - a comum gripe, que é diferente do SARS-CoV-2.

Os sintomas mais comuns na gripe são, segundo a OMS, febre, fadiga (fraqueza muscular), tosse (normalmente seca), dores no corpo e dores de cabeça.

E as semelhanças?

De acordo com o CDC, os sintomas de constipação geralmente atingem o pico em dois a três dias e geralmente incluem o seguinte: espirros, nariz entupido ou com corrimento, dor de garganta, tosse, olhos lacrimejantes e febre - ainda que seja rara. A verdade é que a maioria das pessoas que fica constipada não apresenta febre.

Alguns destes sintomas - espirros, secreção e obstrução nasal e tosse - podem durar de 10 a 14 dias, e geralmente melhoram durante este período, aponta o CDC.

No que diz respeito aos coronavírus, o CDC diz que todas as doenças relatadas variam de sintomas leves a doenças graves e morte nos casos confirmados de COVID-19.

Os sintomas da nova doença geralmente aparecem dois a 14 dias após a exposição e incluem: febre, tosse e falta de ar.

Apesar do número de mortes por Covid-19, a maioria dos casos confirmados apresenta sintomas leves, de acordo com um estudo publicado na revista científica de medicina The Lancet.

Há, no entanto, sintomas menos comuns, refere o estudo, e que incluem dor de garganta e corrimento nasal, relatados por apenas 5 por cento dos pacientes; e diarreia, náusea e vómitos, relatados por 1-2 por cento dos pacientes.

A pneumonia também é comum entre os pacientes com COVID-19, mesmo em casos que não são considerados muito graves.

Quão grave é o covid-19 em comparação com uma gripe?

As constipações normalmente não evoluem para problemas graves de saúde, como pneumonia, infeções bacterianas, hospitalizações ou mortes - um cenário muito diferente da gripe, que resulta em 290.000 a 650.000 mortes a nível mundial em cada ano, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A gravidade do novo coronavírus não é tão fácil de definir. Sabe-se que é mais grave do que uma constipação. Não se sabe se será mais grave do que uma gripe.

A OMS revelou recentemente que a taxa de mortalidade global do COVID-19 é de 3,4% - um número que reflete principalmente a incidência do surto na China. Este número, de acordo com o New York Times, não pode ser lido de forma literal: há especialistas que afirmam, sobre o novo coronavírus, que a taxa de mortalidade será consideravelmente menor.

Quais as diferenças no tratamento?

A constipação não tem cura - podem aliviar-se os sintomas, mas a doença passará em alguns dias. Também não há cura para o Covid-19 (embora os cientistas estejam a trabalhar para encontrar um tratamento e uma possível vacina).

Se tiver febre e outros sintomas relacionados ao novo coronavírus, é aconselhável ligara Linha de Saúde 24 (808 24 24 24).

Prevenção é igual para constipação e Covid-19

Em comum, o novo coronavírus e uma constipação têm a prevenção, que é exatamente a mesma para ambas: lavar as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos; não tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas; evitar contacto próximo com pessoas doentes; ficar em casa quando estiver doente; e desinfetar objetos e superfícies que sejam frequentemente tocadas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG