300 milhões de doses. Sanofi perto de acordo com a UE para eventual vacina anti-Covid

A farmacêutica francesa é um das mais de 100 empresas que continuam à procura da vacina para a covid-19.

A Sanofi está perto de chegar a um acordo com a União Europeia (UE) para fornecer 300 milhões de doses de uma eventual vacina contra o coronavírus, uma colaboração semelhante à que está a finalizar com os Estados Unidos, anunciou o laboratório esta segunda-feira.

"Estamos em negociações muito avançadas com a União Europeia", declarou à AFP Olivier Bogillot, presidente do grupo farmacêutico em França, apesar de não fornecer mais detalhes sobre o acordo, que pode ser resolvido "nos próximos dias ou semanas".

Bogillot também afirmou que está negociar acordos com Estados Unidos e Reino Unido, e com a Aliança Mundial pelas Vacinas, mas não forneceu detalhes.

"O nosso objetivo é trabalhar com o conjunto dos Estados para distribuir a vacina para todos ao mesmo tempo", explicou Bogillot.

A Sanofi gerou uma forte polémica em maio quando seu diretor-geral, Paul Hudson, falou da possibilidade de favorecer os Estados Unidos na hora de distribuir a vacina, depois de Washington ter financiado parte de sua pesquisa. O laboratório francês está a desenvolver duas vacinas contra a covid-19, com duas tecnologias distintas.

A empresa farmacêutica é uma das mais de 100 empresas e equipas de investigação em todo o mundo que estão na corrida contra o tempo para encontrar uma vacina contra a covid-19. Atualmente, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), existem 137 vacinas candidatas a uma avaliação pré-clínica e 23 já em ensaios (fase 1 e 2) clínicos.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG