Exclusivo Florbela Costa: "Se funcionar bem, iremos ver mais e maiores helicópteros na exploração espacial"

Há uma portuguesa envolvida na missão da NASA a Marte. Florbela Costa, 32 anos, engenheira aeronáutica, faz parte do projeto Ingenuity, o primeiro helicóptero a descolar naquele planeta.

Florbela Coroas da Costa, 32 anos, é filha de um casal de emigrantes em França. Nasceu em Trappes, mas tinha apenas 11 anos quando a família se mudou para a terra do pai, a aldeia de Carqueijo, freguesia de Barrô, no concelho de Águeda. Licenciou-se em Engenharia Aeronáutica na Universidade da Beira Interior, na Covilhã, onde concluiu o mestrado em 2011. Foi nesse ano que começou a trabalhar no Centro de Investigação CEiiA, em Matosinhos, no desenvolvimento do elevator & sponson do KC-390, da Embraer. Em meados de 2017, mudou-se para o centro da Suíça, a convite do Maxon Group, como gestora técnica de projeto. Trabalhou em diversos projetos na área aeroespacial, sendo um deles os motores que controlam a inclinação das pás do rotor do helicóptero Ingenuity, que pertence à missão Mars 2020 na NASA/JPL.

O que a levou a escolher Engenharia Aeronáutica? Era um sonho de menina ou foi uma escolha de "última hora"?
Quando era pequena sonhava em ser astronauta. Sempre fui apaixonada pela aeronáutica e pelo espaço e na escola gostava muito de Matemática e de Física, pelo que Engenharia Aeronáutica foi para mim uma escolha óbvia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG