Marcelo convida Costa a visitar as Selvagens

O Chefe de Estado enviou um postal ao primeiro-ministro e a outros autarcas escolhidos, lembrando a necessidade da preservação da ilha e alargamento da plataforma continental.

O Presidente da República enviou hoje da ilha da Selvagem Grande, Madeira, um postal dirigido a António Costa, com um convite para visitar este território.

Da Selvagem Grande, Marcelo Rebelo de Sousa enviou ainda outros sete postais para câmaras municipais e juntas de freguesia do continente e ilhas com convites para visitarem o subarquipélago das Selvagens.

O chefe de Estado chegou de helicóptero da Força Aérea ao planalto da ilha às 12:30 acompanhado pelo Chefe de Estado-Maior da Armada, Macieira Fragoso, pelo secretário de Estado da Defesa, Marcos Perestrello, pelo presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, e pelo Representante da República, Irineu Barreto.

A comitiva desceu depois os 80 metros que distam entre o cimo da ilha e o nível do mar em passo apressado e ouviu, de seguida, apresentações das atividades desenvolvidas na ilha.

Marcelo Rebelo de Sousa esteve na ilha numa altura de reforço da vigilância.

Desde o dia 22 de agosto que estão na ilha dois elementos da Polícia Marítima, que pela primeira vão estar todo o ano neste território. Foi também instalado um radar, uma estação de dessalinização de água e sistemas de alimentação energéticos.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera instalou na semana passada uma estação meteorológica automática nas Ilhas Selvagens e a internet está a caminho das Selvagens.

Marcelo Rebelo de Sousa permaneceu na ilha duas horas e meia e é a partir de hoje o quarto Presidente da República a visitar a ilha.

Enquanto os anteriores Presidentes Mário Soares, Jorge Sampaio e Cavaco Silva estiveram nas Selvagens no segundo mandato, Marcelo Rebelo de Sousa veio à ilha com menos de seis meses após ter tomado posse.

Aos jornalistas o chefe de Estado disse que o mais importante é a preservação da natureza, da Zona Económica Exclusiva e a extensão da plataforma continental que o país já propôs às Nações Unidas.

O Presidente da República concluiu hoje uma visita de três dias à Região Autónoma da Madeira.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG