Rio diz que Hugo Soares não foi convocado porque "está demissionário"

A Comissão Política Nacional "não está a tratar de assuntos de gestão corrente, mas de assuntos estratégicos", justificou presidente do PSD

Hugo Soares não foi convocado para a reunião da Comissão Política Nacional por estar "demissionário" e "em gestão", explicou esta terça-feira o presidente do PSD. "O dr. Hugo Soares está demissionário, está em gestão, a Comissão Política Nacional (CPN) não está a tratar de assuntos de gestão corrente, está a tratar de assuntos estratégicos", respondeu Rui Rio, quando questionado sobre a estranheza manifestada pelo líder parlamentar por não ser sido convocado para esta reunião.

No final da primeira reunião da Comissão Política Nacional, eleita no domingo no 37.º Congresso do partido, Rio foi questionado pelos jornalistas como respondia à acusação de desrespeito de Hugo Soares e se não considerava que tinham sido violados os estatutos do partido. "Já respondi, não vou alimentar esta polémica", disse Rio.

Uma hora antes do início da reunião da CPN, o líder cessante da bancada do PSD defendeu que seria "um desrespeito institucional grave para com o grupo parlamentar", se não fosse convocado para uma reunião da Comissão Política do partido na qual tem lugar por inerência.

"A acontecer, creio que não será verdade, mas a acontecer, creio que se trata de um desrespeito institucional grave para com o grupo parlamentar, mas creio que não deve haver nenhuma reunião porque eu não fui convocado", afirmou Hugo Soares.

De acordo com os estatutos do partido, além do presidente, dos vice-presidentes, do secretário-geral e dos vogais têm também assento na Comissão Política o presidente do grupo parlamentar - Hugo Soares, até às eleições de quinta-feira - , os presidentes das Comissões Políticas Regionais dos Açores e da Madeira ou um representante de cada uma delas, o presidente e outro dirigente nacional da Juventude Social-Democrata, o secretário-geral dos Trabalhadores Sociais-Democratas e o presidente dos Autarcas Sociais-Democratas.

A Lusa constatou que quer o presidente da JSD, Simão Ribeiro, quer o secretário-geral dos TSD, Pedro Roque, quer o presidente dos ASD, Álvaro Amaro, estiveram presentes na reunião de hoje.

Ler mais

Exclusivos