"Mais uns dias e podem contar comigo para o bem e para o mal"

Secretário-geral do PCP sensibilizado com mensagens de apoio de camaradas e de adversários políticos

"Mais uns dias e podem contar comigo para o bem e para o mal". Foi assim que Jerónimo de Sousa mostrou à comunicação social que está confiante para a cirurgia que vai fazer à carótida interna esquerda.

"Foi num quadro de rotina de exames que se verificou um problema, que resulta na obstrução de uma válvula. Uma equipa multidisciplinar médica considerou que havia urgência em realizar a intervenção cirúrgica como medida de segurança, tendo em conta o tempo em que vai decorrer a campanha. Amanha serei internado e no dia seguinte em princípio serei operado. Agora é confiar que a coisa saia bem. A vida tem destas coisas", afirmou, à margem de uma ação de campanha em Matosinhos.

O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP) diz que um eventual regresso à campanha eleitoral para as legislativas de 30 de janeiro "depende da capacidade de recuperação" e crê que a sua ausência não prejudicará a CDU nas urnas. "O meu partido deu prioridade à resolução deste problema de saúde e não estabeleceu metas nem prazos para fazer campanha", frisou, explicando as nomeações de João Oliveira e João Ferreira como substitutos durante o período de recuperação.

"João Oliveira e João Ferreira fazem parte do Comité Central e são candidatos à Assembleia da República. João Oliveira é cabeça de lista em Évora. João Ferreira é 10.º na lista em Lisboa. Eles não estão à experiência, são já muito experimentados", vincou.

Jerónimo de Sousa agradeceu ainda "as boas palavras e a solidariedade vindas dos meus camaradas de partido, da CDU, dos meus adversários políticos e anónimos", que lhe permitem "ter um sentimento de que é possível sair por cima desta situação, confiar nos médicos e voltar ao terreno de combate", mostrando mesmo que foi "tocante" receber mensagens de apoio por parte de partidos rivais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG