Costa diz que país não é só Lisboa"  e recusa qualquer cartão amarelo ao Governo

Líder socialista discursou antes de Fernando Medina assumir a derrota na capital.

O secretário-geral do PS desvalorizou o cenário de uma derrota dos socialistas na capital, alegando que "o país não é só Lisboa" e que há um desejo de continuidade da solução de Governo iniciada em 2015.

António Costa transmitiu estas posições em conferência na sede nacional do PS, em Lisboa, depois de interrogado várias vezes sobre a provável derrota do seu partido em Lisboa, câmara que vencia desde 2007.

Costa discursou antes de Fernando Medina assumir a derrota.

"Gosto muito de Lisboa, voto em Lisboa, mas o país não é só Lisboa", declarou o secretário-geral do PS.

De acordo com António Costa, se algum cartão foi mostrado pelos eleitores, "é que há uma vitória nacional do PS".

"Penso que o país deseja uma continuidade da mudança política iniciada em 2015", sustentou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG