Tancos. Precisa-se "ação política forte", defende deputado Miranda Calha

Socialista e antigo secretário de Estado da Defesa considera essencial preservar imagem das Forças Armadas

A imagem das Forças Armadas "está a ser sujeita a uma forte erosão" com os acontecimentos relativos ao furto de Tancos, pelo que importa "haver uma ação política forte", defendeu esta terça-feira o deputado socialista Miranda Calha.

Questionado pelo DN a propósito da nomeação do novo diretor-geral da PJ Militar (PJM), aquele membro da Comissão parlamentar de Defesa - a que já presidiu, depois de ter sido secretário de Estado da Defesa - considerou necessário "preservar a imagem" das Forças Armadas.

As Forças Armadas são uma instituição "essencial no nosso sistema democrático" que urge preservar, frisou ainda o deputado constituinte, que é candidato à presidência da Assembleia Parlamentar da NATO.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG