Marcelo despede-se de Angola com um "até logo" e sublinha novo "ciclo histórico"

O Presidente português considerou hoje que as relações luso-angolanas estão a entrar num "novo ciclo histórico" e despediu-se de Angola prometendo regressar, mas sem adiantar a data da próxima visita.

"E agora a mensagem a dizer é muito simples, é: até logo ou até à próxima. Não se trata de partir para não voltar, mas de partir para voltar o mais brevemente possível". Assim se despediu o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, na conferência de imprensa final da sua visita de Estado a Angola, na Escola Portuguesa de Luanda.

Questionado depois sobre quando será a sua próxima visita a Angola, respondeu à jornalista que lhe fez a pergunta: "Mesmo que soubesse, não lhe dizia".

"Porque eu acho que há um efeito surpresa fundamental que faz parte da vida. Uma das coisas que aprendi com a vida é que ser tudo sabido, premeditado, sabido com muita antecedência tira encanto às coisas", justificou.

Relativamente ao relacionamento entre Portugal e Angola, o chefe de Estado português considerou que se está a iniciar "um novo ciclo histórico".

"Portanto, aquilo que eu tenho é de agradecer ao povo angolano, ao Governo angolano, muito em especial ao Presidente João Lourenço, a Angola aquilo que foi o acolhimento caloroso -como tinha sido ao primeiro-ministro português, como tem sido a todos quantos vêm de Portugal e como nós gostamos que seja o acolhimento dos nossos irmãos angolanos em Portugal", acrescentou.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG