BE questiona governo sobre infiltrações da extrema-direita nas Forças Armadas

Os deputados da bancada parlamentar bloquista enviaram um conjunto de perguntas ao Ministério da Defesa Nacional sobre alegadas infiltrações de grupos de extrema-direita nas Forças Armadas, pedindo averiguações, na sequência de reportagem do DN.

"O grupo parlamentar do BE considera que, da mesma forma que as ligações de elementos das forças policiais da PSP e da GNR à extrema-direita têm sido alvo de investigações e processos de inquérito conduzidos pelo Ministério da Administração Interna, o mesmo procedimento deverá ter lugar no seio da Defesa Nacional", lê-se no requerimento, que surge na sequência de uma reportagem publicada no Diário de Notícias.

Para os bloquistas, há que "prevenir e impedir a proliferação de manifestações extremistas, racistas, xenófobas e discriminatórias, que em tudo contradizem o espírito de fraternidade, camaradagem, lealdade e integridade que devem caracterizar as Forças Armadas portuguesas e no respeito pela Constituição da República".

"Confirma o governo a abertura de inquéritos e a instauração de processos a militares dos ramos das Forças Armadas por suspeitas de infrações relacionadas com a extrema-direita e as suas diversas exteriorizações?", é uma das perguntas efetuadas.

O requerimento do BE, assinado pelos deputados João Vasconcelos e Pedro Filipe Soares, faz referência a uma reportagem recente do Diário de Notícias dando conta que "a Polícia Judiciária Militar se encontra a investigar uma possível infiltração de elementos provenientes de movimentos de extrema-direita nas Forças Armadas".

O mesmo artigo, refere o BE, adianta que o Exército, a Marinha e a Força Aérea "têm conhecimento de atividades 'desapropriadas' nas redes sociais e noutras formas de comunicação conduzidas por parte de militares, ainda que, excetuando a Força Aérea que conta com um processo corrente ainda sem conclusões efetivas, não tenha havido investigações de fundo que permitam perceber a extensão do problema".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG