Parlamento aprova voto de pesar pela morte de Joaquim Bastinhas. PAN vota contra

PS avançou com texto de homenagem ao cavaleiro tauromáquico

O Parlamento aprovou hoje, por maioria, um voto de pesar pela morte do cavaleiro tauromáquico Joaquim Bastinhas. O PAN votou contra a iniciativa subscrita pelo PS, PSD e CDS, enquanto Bloco de Esquerda, PEV e o deputado Paulo Trigo Pereira se abstiveram. Além dos três partidos que assinaram o texto, também o PCP votou a favor.

O voto de pesar, que foi inicialmente apresentado pelo PS - e a que se associaram depois o PSD e o CDS - refere que Bastinhas era "apelidado, muitas vezes, como o 'toureiro do povo'".

"A empatia que gerava com as bancadas, a alegria que transmitia em cada um dos momentos e a forma como chegava aos milhares de pessoas que o seguiam, notabilizou-o de forma ímpar", acrescenta o texto aprovado hoje pelos deputados.

Joaquim Bastinhas morreu a 31 de dezembro último, aos 62 anos, em Lisboa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG