Kate Hudson e ex-marido retomam batalha pela custódia do filho

Chris Robinson, ex-marido de Kate Hudson, pediu à justiça de Los Angeles que reavalie a custódia partilhada do filho de ambos, de 12 anos, acordada há uma década

Dez anos depois de Kate Hudson e Chris Robinson se terem divorciado, e de terem acordado a custódia partilhada do filho Ryder, de 12 anos, o cantor submeteu esta semana um pedido ao Tribunal Superior de Los Angeles para que o acordo da guarda conjunta seja reavaliado, confirmou o programa de TV E! News junto de fonte judicial.

Não se conhece, para já, a razão que levou Robinson a fazer este pedido, mas o mesmo formato avança que uma perita em custódia parental vai avaliar o caso através de conversas com a atriz, o cantor e o filho, e fará sugestões sobre a forma como a custódia deverá ser, ou não, partilhada, e sobre futuras visitas.

Kate Hudson, Chris Robinson e Ryder farão ainda testes psicológicos e de despiste de consumo de drogas e álcool, numa investigação que terá um custo de mais de sete mil dólares, avança o E! News.

A atriz, de 37 anos, e o músico, de 50, casaram-se em 2000 e divorciaram-se sete anos depois, citando "diferenças irreconciliáveis". O único filho em comum tinha então dois anos de idade.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG