Traficante apanhado com cocaína tratada com químicos

Judiciária deteve no aeroporto de Lisboa uma pessoa que transportava cocaína que tinha sido sujeita a um tratamento químico para evitar a sua deteção.

O individuo detido pela Polícia Judiciária no Aeroporto Humberto Delgado (Lisboa) vinha num voo com origem na América do Sul e tentava entrar em Portugal com uma quantidade de cocaína suficiente para fazer 24 mil doses individuais.

De acordo com um comunicado da PJ o homem (35 anos) é suspeito do tráfico de estupefacientes e foi detido num dos controlos regulares que são efetuados a pessoas que viajam desde países considerados de risco.

O suspeito, que ficou em prisão preventiva após ser ouvido pelo juiz, trazia a droga na bagagem misturada com café moído conseguindo assim que esta não reagisse aos testes de identificados a este tipo de estupefaciente. Para evitar essa deteção o produto tinha sido sujeito a um tratamento químico que era até há pouco tempo desconhecido das policias, acrescenta a PJ.

Exclusivos

Premium

Livro

Antes delas... ninguém: mulheres que desafiaram o domínio masculino

As Primeiras - Pioneiras Portuguesas num Mundo de Homens é o livro com as biografias de 59 mulheres que se atreveram a entrar nas profissões só de homens. O DN desvenda-lhe aqui oito dessas histórias, da barrista Rosa Ramalho à calceteira Lurdes Baptista ou às 'Seis Marias' enfermeiras-paraqueditas, entre outras