Terreiro de Paço enche-se de luz para celebrar Gandhi

Gandhi nasceu a 2 de outubro em 1869 e as comemorações dos 150 anos começam já na terça-feira. António Costa abre as portas às celebrações, com uma projeção de luz, imagem e som no Terreiro de Paço.

A comissão de honra das comemorações, à qual pertence António Costa, chamou-lhes Bapu @ 150, recorrendo ao nome pelo qual era conhecido o líder religioso. As celebrações da vida de Mahatma Gandhi vão prolongar-se por dois anos, iniciando-se um ano antes, no aniversário dos 149 anos, esta terça-feira e terminarão em 2020.

O Terreiro do Paço será palco a partir das 20.30 de terça-feira de uma projeção led com imagens e mensagens de Gandhi, sob um fundo musical das suas peças favoritas e com intervenção de vários artistas internacionais. Rão Kyao toca a música bhajan (cânticos devocionais) "Vaishnav Jan to Tene Kahiye Je".

António Costa faz parte da comissão de honra

António Costa dá o primeiro passo para o início das celebrações, inaugurando o evento. Ele que tem o cartão de Cidadania Indiana na Diáspora, atribuído pelo homólogo indiano Narendra Modi, quando em janeiro de 2017 visitou a Índia. "Foi com profunda emoção que aceitei o convite", escreveu o primeiro-ministro português no artigo de opinião publicado no DN a 15 de agosto, "Encontro marcado com a Índia". E que Modi partilhou no Twitter.

O primeiro-ministro indiano retribuiu a visita de António Costa com uma curta passagem por Lisboa, seis meses depois.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG