Professora agredida "a soco e pontapé" à porta de escola no Porto

Uma professora da Escola Básica da Torrinha, no Porto, foi agredida à porta do estabelecimento por uma encarregada de educação. Causa da agressão ainda é desconhecida.

Uma professora da Escola Básica da Torrinha, no Porto, foi agredida a "soco e pontapé" e necessitou de receber assistência médica, no Hospital de Santo António, de acordo com informações de uma fonte da PSP dadas à agência Lusa.

As causas que poderão ter motivado esta agressão ainda não são conhecidas, mas a fonte da PSP afirma que a vítima não é professora do educando da alegada agressora. O incidente ocorreu à porta da escola, por volta das 10.50, na passada quarta-feira, dia 27.

A adjunta da diretora do agrupamento de escolas Rodrigues de Freitas, Carla Lopes, do qual a Escola da Torrinha faz parte, afirmou ter entrado em contacto com a vítima, no entanto, apenas "tem poder sobre os alunos e não sobre adultos que atuam na via pública" e que o caso está entregue à polícia, visto não ter ocorrido nas instalações da escola. Carla Lopes destaca também que esta situação nunca tinha ocorrido antes.

O caso foi entregue à PSP, que se encontra em investigações.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG