PJ apoia apreensão de seis toneladas de cocaína escondida em bananas

A polícia espanhola deteve 16 pessoas de várias nacionalidades em Málaga e apreendeu 6,3 toneladas de cocaína, numa operação que contou com a colaboração da Polícia judiciária (PJ). Droga chegou escondida entre bananas

Um comunicado hoje divulgado pela PJ refere que a droga aprendida foi enviada por via marítima a partir de um país da América Latina, dissimulada em caixas de bananas que eram transportadas num contentor que recentemente havia chegado ao porto de Setúbal.

Esse contentor, adianta a polícia, já estava identificado pelas autoridades portuguesas e espanholas e destinava-se a uma empresa com sede em Espanha.

No decorrer da 'Operação Star Bananero', a Guarda Civil e o Cuerpo Nacional de Polícia, com o apoio da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da PJ, apreenderam mais de seis toneladas de cocaína em Málaga e detiveram 16 pessoas de várias nacionalidades.

Os detidos são suspeitos de pertencerem uma organização criminosa dedicada ao tráfico de grandes quantidades de droga, "agora foi desmantelada e que atuava em diversos países da América Latina e da Europa", segundo a PJ.

As investigações prosseguem a cargo das autoridades portuguesas e espanholas com a cooperação de outros países.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG