PJ deteve professor suspeito de abuso sexual de crianças em Gondomar

Homem de 32 anos ficou em prisão preventiva.

Um professor, de 32 anos, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) suspeito da prática de abuso sexual de crianças e pornografia de menores, em Gondomar, informou esta sexta-feira a aquela força policial.

De acordo com a PJ, o homem já foi presente a primeiro interrogatório judicial tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Em comunicado, a PJ esclarece que "a investigação se iniciou na sequência de denúncia, por parte dos pais de um menor visado, de que o suspeito, ao longo dos últimos meses, vinha mantendo contactos de cariz sexual com menores do sexo masculino".

Exclusivos

Premium

Espanha

Bolas de aço, berlindes, fisgas e ácido. Jovens lançaram o caos na Catalunha

Eram jovens, alguns quase adultos, outros mais adolescentes, deixaram a Catalunha em estado de sítio. Segundo a polícia, atuaram organizadamente e estavam bem treinados. José Manuel Anes, especialista português em segurança e criminalidade, acredita que pertenciam aos grupos anarquistas que têm como causa "a destruição e o caos" e não a luta independentista.