Morreu um dos militares da GNR feridos em acidente na A1 na terça-feira

Outro militar ainda se encontra hospitalizado. Acidente ocorreu ao quilómetro 85 da A1, no sentido norte-sul, entre o nó de Torres Novas e a área de serviço de Santarém

Um dos dois militares da GNR feridos com gravidade numa colisão entre um automóvel e um carro-patrulha na Autoestrada 1 (A1), na terça-feira, morreu esta quarta-feira, informou à agência Lusa o Destacamento de Trânsito de Santarém.

De acordo com fonte da GNR, o outro militar ainda se encontra hospitalizado e não há "nenhuma informação oficial" em relação à sua morte.

Na terça-feira, cinco pessoas ficaram feridas com gravidade na sequência da colisão, no sentido norte-sul, entre o nó de Torres Novas e a área de serviço de Santarém.

Em declarações à agência Lusa na terça-feira, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém revelou que o acidente ocorreu ao quilómetro 85 da autoestrada, pelas 11:30, quando a GNR "estaria a sinalizar o local".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG