Menina raptada já apareceu. Mãe diz que recebeu pedido de resgate

A criança de 7 anos foi levada de um parque infantil na tarde de sábado e só apareceu na madrugada de domingo. A mãe terá recebido telefonema a pedir 10 mil euros

A mãe da criança que esteve desaparecida desde a tarde de sábado até à manhã deste domingo terá recebido um telefonema anónimo a pedir-lhe que 10 mil euros pela entrega filha, disse ao DN fonte policial.

A menina de 7 anos foi levada sábado à tarde de um parque infantil da Amora, Seixal, quando estava a brincar com um primo de 9 anos. Aí terá sido abordada por um homem - que as autoridades policiais ainda não conseguiram identificar - que se terá feito passar por um familiar e a levou.

De acordo com a mesma fonte policial, a criança foi encontrada por um popular na madrugada de domingo, cerca das cinco da manhã. Esta pessoa levou a menina até um café e depois à polícia.

A mãe já teria contactado as autoridades para dar conta do desaparecimento da criança. Posteriormente, terá, conforme disse à polícia, recebido um telefonema a pedir-lhe o dinheiro pelo resgate da filha. As autoridades policiais estão a confirmar esta informação.

Alguns populares e o primo da rapariga raptada descreveram às autoridades as características do homem que a levou, mas durante a tarde deste domingo o presumível raptor ainda não tinha sido identificado.

A criança, que esteve em paradeiro incerto entre as 18 horas de sábado e as 5 da manhã de domingo, foi levada ao hospital para observação médica.

O caso está a ser tratado como uma suspeita de rapto e foi entregue à Polícia Judiciária.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG