Ministro diz que resposta da Proteção Civil ao Leslie foi "muito satisfatória"

Eduardo Cabrita esteve em Montemor-o-Velho, um dos concelhos do distrito de Coimbra fustigados pela tempestade de sábado.

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, afirmou hoje que a operação da Proteção Civil na resposta à tempestade Leslie, que afetou a região Centro, correu "de uma forma muito satisfatória".

Numa visita a Montemor-o-Velho, um dos concelhos do distrito de Coimbra fustigados pela tempestade de sábado, Eduardo Cabrita sublinhou que houve "um grande empenho de todas as entidades da proteção civil", quer da coordenação nacional, quer da cooperação com as estruturas distritais e municipais.

O ministro manifestou a sua solidariedade "para com as pessoas mais diretamente afetadas", bem como para com o trabalho das autarquias locais e dos agentes da proteção civil.

O que as diferentes entidades fizeram durante a noite de sábado "permitiu não só minimizar os danos, mas sobretudo" garantir que, "poucas horas depois, se possa já estar a trabalhar na fase seguinte", vincou Eduardo Cabrita, que falava aos jornalistas, após uma reunião na Câmara Municipal de Montemor-o-Velho.

Depois da visita a Montemor-o-Velho, o ministro da Administração Interna visita ainda hoje a Figueira da Foz e Soure, outros dois concelhos do distrito de Coimbra afetados pela tempestade.

A tempestade Leslie provocou 28 feridos ligeiros, 61 desalojados e quase 1.900 ocorrências comunicadas à Proteção Civil, de acordo com o balanço desta autoridade feito ao início da tarde de hoje.

Dos 61 desalojados, 57 são do distrito de Coimbra.

Exclusivos