Jovem de 27 anos entra em contramão na A3 e morre ao chocar com camião

Jovem circulou em contramão durante quatro quilómetros até chocar com um camião de transporte de combustível. O carro foi arrastado durante mais de 50 metros. O acidente ocorreu na zona de Pousa, Barcelos.

Passava pouca das quatro da manhã quando um jovem de 27 anos entrou na A3 em contramão, na zona de Barcelos, no sentido Porto/Braga. Segundo as autoridades, o jovem ainda circulou mais de quatro quilómetros na AE até chocar com o camião de transporte de combustível, que circulava corretamente.

Fonte do Comando-Geral da GNR afirmou à agência Lusa que o acidente ocorreu na zona de Pousa, concelho de Barcelos, distrito de Braga, no momento em que o automobilista "circulava em contramão na A3, no sentido Sul/Norte".

Segundo testemunhas no local, citadas pelo Jornal de Notícias, o camião ainda tentou desviar-se, encostando-se ao separador central, mas já não conseguiu evitar o embate.

O carro foi arrastado mais de 50 metros desde o local do embate. A cisterna do camião dobrou e foi necessário efetuar trasfega dos 33 mil litros de combustível.

As mesmas testemunhas relataram que o veículo, da marca Mercedes, circulava a mais de 120 km/h, havendo um outro carro a acompanhá-lo a cerca de 140 km/h, na faixa contrária, desde a estação de serviço de Barcelos.

As manobras de desencarceramento da vítima, natural de Guimarães, duraram cerca de três horas. Apesar das manobras de reanimação, acabou por falecer no local já perto das 8.00.

Estiveram no local os Sapadores de Braga, com veículo de desencarceramento e ambulância, com oito elementos, os Bombeiros Voluntários de Barcelinhos com nove elementos, uma VMER de Famalicão, a GNR de Ponte de Lima e a Brisa.

A circulação na A3 só foi normalizada pelas 11:00, mas ao final da manhã ainda decorriam trabalhos "de trasfega" do combustível do camião envolvido no acidente.

A GNR vai agora investigar as circunstâncias do acidente.

Exclusivos