PJ investiga morte de mulher em Almeirim

A vítima de 65 anos foi encontrada já cadáver em casa, depois de ter sido comunicado o seu desaparecimento

Uma mulher foi encontrada morta esta quarta-feira no interior da sua residência em Almeirim, distrito de Santarém, com o corpo a apresentar indícios que levaram a GNR a chamar a Polícia Judiciária ao local.

"Recebemos um telefonema cerca das 14.00 horas a informar que uma mulher estava desaparecida. A GNR deslocou-se à sua residência e encontrou uma mulher, de 65 anos, já cadáver. Por existirem alguns indícios no corpo, foi chamada a Polícia Judiciária", disse à Lusa fonte da GNR, que não especificou os indícios, embora o JN revele a existência de sinais "visíveis de homicídio".

Segundo a mesma fonte a Polícia Judiciária está a investigar o caso.

Ler mais

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.