Forças Armadas estão a contactar escolas para iniciar higienização

A reabertura das escolas irá envolver 400 militares de 80 equipas: 60 do Exército e 20 da Marinha.

Os diretores escolares já estão a ser contactados pelas Forças Armadas para organizar as ações de higienização das escolas que abram para receber os alunos do 11.º e 12.º anos, revelou um representante dos diretores.

Filinto Lima, presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), disse esta segunda-feira à Lusa que "vários diretores já foram contactados pelo Exército para se apresentarem nas escolas para as operações de higienização".

Na semana passada o chefe de Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA) anunciou que estava a ser preparada uma operação para a reabertura de cerca de 800 escolas do ensino secundário, que envolverá a participação dos militares em ações de desinfeção.

De acordo com o CEMGFA, a reabertura das escolas irá envolver 400 militares de 80 equipas: 60 do Exército e 20 da Marinha.

"Vamos precisar de equipas para fazer a higienização aula a aula", alerta associação de diretores de agrupamentos e escolas públicas

No entanto, Filinto Lima lembra que depois desta primeira operação para preparar as escolas para reabrirem será preciso um trabalho diário de limpeza: "Vamos precisar de equipas para fazer a higienização aula a aula", alertou.

Os diretores escolares estiveram reunidos na semana passada e enviaram esta segunda-feira uma carta ao Ministério da Educação alertando para a necessidade de o Governo e a Direção-Geral da Saúde (DGS) darem indicações práticas de como devem organizar a reabertura das escolas para os alunos do 11.º e 12.º anos, que poderá acontecer a 18 de maio.

Entre as preocupações dos diretores está precisamente a higienização das salas de aulas e de todos os espaços coletivos.

Na carta enviada ao ministro da Educação, os diretores defendem que é preciso um reforço orçamental das escolas para que possam comprar o material necessário ou, em alternativa, os serviços do ministério devem entregar todo o material atempadamente.

No domingo, o jornal Público avançou com a informação de que as aulas presenciais para os alunos do 11.º e 12.º anos seriam retomadas em 18 de maio, dia em que os estudantes voltariam a ter as disciplinas às quais pretendem fazer exames nacionais.

Portugal contabiliza 928 mortos associados à covid-19 em 24.027 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Portugal cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o Governo já anunciou a proibição de deslocações entre concelhos no fim de semana prolongado de 01 a 03 de maio.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG