Chuva veio para ficar. Outono à porta, chapéu-de-chuva, botas e casaco saem dos armários

Descida de temperatura a partir de domingo, aguaceiros e céu nublado marcam arranque do equinócio de outono, que chega na segunda-feira, pelas 08:50.

Com entrada prevista para as 08:50 de segunda-feira, o equinócio de outono, que se manterá até 22 de dezembro, vai trazer neste primeiros dias da estação descida de temperatura, que cai para os 19 a 20 graus, chuva, céu muito nublado, sobretudo durante as manhãs, e vento forte a moderado. As regiões do Norte e do Centro serão as mais afetadas, segundo as previsões do IPMA.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Portugal está a ser atingido por uma superfície frontal que se deverá manter durante os próximos dias, fazendo acreditar que o verão terminou por aqui.

Por isso, vai precisar de chapéu-de-chuva, botas e algum agasalho já para esta primeira semana de outono. No entanto, as previsões indicam que o estado do tempo dos próximos dias deverá ser mais fraco e moderado do que o registado neste sábado, em que a chuva e o vento marcaram fortemente a sua presença, mantendo oito distritos em alerta amarelo.

Para domingo as previsões apontam para uma descida das temperaturas máximas - que hoje se mantiveram entre os 19 e os 24 graus - períodos de céu muito nublado, aguaceiros e vento fraco a moderado nas regiões do Norte e Centro. O Porto será atingido por períodos de aguaceiros fracos até meio da tarde. Lisboa poderá escapar a chuva.

Na segunda-feira, já na estação outonal o IPMA indica que o tempo estará de acordo com a estação. Temperaturas mais baixas, céu muito nublado em todo o País, podendo aliviar nas regiões do Centro e do Sul a partir do meio da manhã. O Norte, sobretudo as zonas mais altas, continuarão a ser fustigadas pela chuva e vento.

Terça-feira o céu irá manter-se muito nublado em todo o país, embora com algumas abertas a partir da tarde, sobretudo no sul, interior do Baixo Alentejo e Algarve. No Norte e no Centro a chuva persistirá, sobretudo no Minho e Douro Litoral, passando a regime de aguaceiros durante a tarde.

Só a partir de quarta-feira é que as temperaturas máximas poderão subir um pouco e o céu manter-se limpo em todo o país.

Exclusivos