Ator Filipe Duarte morre aos 46 anos

O ator português faleceu esta sexta-feira, com 46 anos. A notícia foi avançada pela SIC, que informa que a causa da morte foi um enfarte do miocárdio.

Nascido a 5 de junho de 1973, o ator licenciou-se pela Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa, tendo frequentado também o curso de formação de atores pelo Instituto de Investigação Teatral.

No mundo do teatro, Filipe Duarte interpretou inúmeros autores como Gil Vicente, Mário Botequilha, Mia Couto, William Shakespeare, entre outros, tendo chegado assim a trabalhar com encenadores como Adolfo Gutkin, Rogério de Carvalho, e Miguel Seabra.

O ator participou na série da TVI "Equador", onde desempenhava o papel principal. Anteriormente tinha feito parte do elenco de "A Ferreirinha" e de "João Semana", ambas produções da RTP, e em "Belmonte", novela da TVI.

Recentemente, havia desempenhado o papel de Fernando Ataíde, fundador da discoteca Trumps, no filme "Variações".

Fazia atualmente parte do elenco da novela brasileira "Amor de mãe", da Globo, em exibição na SIC.

O ator namorava com a atriz Nuria Mencía, com quem tinha uma filha de 9 anos.

Vários são os colegas que relembram o amigo "Pipo" e a quem deixam mensagens de carinho nas redes sociais.

Daniel Oliveira, diretor atual da SIC, reagiu publicamente à morte do ator, referindo ser uma "perda irreparável", avançou a N-TV.

Também Manuel Luís Goucha relembra o ator, louvando o seu profissionalismo. "Há pessoas que não morrem enquanto houver memória".

Silvia Rizzo presta também uma homenagem ao ator, reconhecendo-o como "o ator maravilhoso" que sempre foi.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG