Assaltante de bancos espanhol detido em Monção

Homem de 54 anos era procurado há muito tempo para cumprir uma pena de 30 anos. É também culpado de um crime de homicídio.

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional Contra Terrorismo (UNCT), procedeu, no passado dia 25 de janeiro, à detenção, na região de Monção, de um cidadão espanhol, em cumprimento de Mandado de Detenção Europeu emitido pelas Autoridades Judiciárias de Espanha.

A UNCT contou com a estreita colaboração do Corpo Nacional de Policia de Espanha.

De acordo com o comunicado enviado às redações, o homem, de 54 anos de idade, "era, há muito, procurado pelas autoridades espanholas para cumprimento de uma pena cumulativa de 30 anos de prisão".

Foi condenado pela prática de vários crimes de roubo à mão armada a agências bancárias, de extorsão a empresários e de um crime de homicídio, factos cometidos entre os anos de 1990 e 1997 em Espanha.

O arguido foi presente ao Tribunal da Relação de Guimarães e encontra-se agora em prisão preventiva a aguardar extradição.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG