Alerta: condenado por roubo fugiu da prisão de Sintra

A Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP) lançou um alerta às autoridades policiais para recapturar o recluso

Chama-se Rui Santo, 29 anos, e estava a cumprir uma pena de nove anos de prisão por crimes de furto e roubo. Esta manhã, perto nas 11.30, quando estava num grupo a trabalhar numa empresa, na zona exterior do Estabelecimento Prisional (EP) de Sintra, escapou à segurança. Esta cadeia situa-se junto à Beloura e há suspeita que o fugitivo possa ter-se evadido por aí.

Confrontada pelo DN, a DGRSP confirmou a evasão deste condenado, que tem nacionalidade angolana e tinha começado a cumprir a pena em 2016, faltando ainda sete anos. A fonte oficial desta direção-geral, liderada por Celso Manata, diz que "foram feitas as devidas comunicações às autoridades, estando a envidar-se tos os esforços para a recaptura do recluso". Foi também "instaurado um processo de averiguações destinado a apurar as circunstâncias em que se verificou a evasão".

Segundo o Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) em 2017 registaram-se 12 evasões, com 14 reclusos evadidos, mais do dobro do ano anterior. Destes foram recapturados 13. O que ainda está em fuga é o luso-israelita Joaquim Bitton Matos, que se evadiu com dois chilenos da prisão de Caxias, entretanto recapturados. Bitton Matos estará a residir em Israel. A Procuradora-Geral da República pediu a sua extradição mas ainda não se concretizou. O fugitivo tem dupla nacionalidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG