Adultos de Esposende vão fazer a 4.ª classe, primeira "aula" é sobre rabanadas

Dez adultos começam na próxima quarta-feira, em Curvos, Esposende, a frequentar um projeto de alfabetização que lhes permitirá "fazer a quarta classe" e que começará pela confeção de rabanadas, anunciou hoje a entidade promotora.

Segundo Miguel Belinho, da Associação Portuguesa de Educação e Formação de Adultos (APEFA), o objetivo número um é ensinar os alunos a ler e a escrever.

"Mas o curso será o mais diversificado possível, com matérias que passam também pela gastronomia, artes decorativas, artesanato, música e dança, entre várias outras", acrescentou.

As novas tecnologias, como o computador e o telemóvel, também estarão em cima da mesa.

Trata-se do projeto "Percursos de Cidadania Alfabetização e Literacias", que a APEFA vai começar por implementar em Esposende mas que posteriormente será também estendido ao Porto e Vila Real.

Em Esposende, está na forja um segundo grupo com 12 formandos "de mais idade", que "terão aulas" na freguesia de Vila Chã.

"É um projeto que assenta essencialmente no voluntariado e que funciona em parceria com as instituições locais", disse ainda Miguel Belinho.

Explicou que as aulas serão ministradas essencialmente por professores reformados.

Em Curvos, Esposende, no primeiro dia de aulas, os formandos vão aprender a fazer rabanadas de natal, orientados por um chef de cozinha da escola profissional do concelho.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG