Trump já "não apresenta qualquer sintoma"

O médico de Donald Trump, Sean Conley, disse nesta terça-feira que o presidente dos EUA teve uma noite repousada e "não apresenta qualquer sintoma" de covid-19, depois ter tido alta de um internamento de três dias após ter testado positivo.

Num comunicado, Sean Conley disse que o presidente teve uma "noite repousante" e que já "não apresenta qualquer sintoma" de covid-19, acrescentando que Trump, "no global, se encontra bem", um dia depois de ter tido alta, quando a equipa de médicos do hospital militar Walter Reed declarou que ele estava "fora de perigo".

Trump regressou a casa na noite de segunda-feira, a bordo do helicóptero Marine One, subindo cautelosamente os degraus da entrada sul da Casa Branca.

Num vídeo divulgado posteriormente, o presidente norte-americano voltou a desvalorizar o novo coronavírus, contrariando as advertências das autoridades de saúde pública dos Estados Unidos.

"Não tenham medo [do novo coronavírus]", disse Trump, acrescentando que os norte-americanos têm tudo para superar esta pandemia.

"Temos o melhor equipamento médico. Temos os melhores medicamentos", disse Trump, que foi sujeito a um cocktail experimental de antivíricos, durante os três dias de internamento, após ter testado positivo por covid-19, não tendo ficado claro se terá sido submetido a intervenções de oxigenação.

Trump também utilizou a sua conta pessoal na rede social Twitter para anunciar que se sente preparado para participar no próximo debate televisivo, dia 15 de outubro, com o seu adversário democrata na corrida à Casa Branca, Joe Biden.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG